Brasileirão Série A

Atlético-MG quer fazer da Arena MRV seu diferencial no Brasileirão

Ser forte como mandante é o primeiro caminho para quem quer ser campeão brasileiro, e o Atlético sonha com isso

Após estrear no Campeonato Brasileiro com um empate fora de casa contra o Corinthians, o Atlético-MG faz sua primeira partida como mandante nesta quarta-feira (17), às 20h, contra o Criciúma. A partida acontece na Arena MRV, que, pela primeira vez, estará disponível ao clube desde o início da competição. O Galo espera que a casa própria seja o grande diferencial ao longo da competição, igual ela foi no returno em 2023.

O Atlético teve a Arena MRV ao seu lado apenas no returno do último Brasileirão. No turno, atuou no Mineirão. Quando a casa própria foi inaugurada, o Galo teve uma melhora de desempenho como mandante. Antes, tinha 44% de aproveitamento, e depois teve 77,7%, com apenas duas derrotas. Para 2024, o Alvinegro quer o mesmo, ou até melhor, na sua casa.

É fato e comprovado que um time que quer ser campeão brasileiro (e o Galo tem esse objetivo), precisa ser quase perfeito em casa e equilibrado fora. Um exemplo é o próprio Atlético, que teve mais de 90% de aproveitamento como mandante e foi também o melhor visitante em 2021, quando conquistou a taça nacional. Por isso o Alvinegro vê a Arena MRV como uma oportunidade de se fortalecer em uma possível briga pelo título.

Se o Atlético mantiver o aproveitamento que teve até aqui na Arena MRV nos 16 jogos que realizou (72,9%), pode não ser o suficiente para a disputa do título. Por isso, é importante melhorar ainda mais e, de preferência, buscar não perder. A caminhada começa nesta quarta e tem mais um capítulo no sábado (20), contra o Cruzeiro, maior rival e que não perdeu nos três jogos em que visitou a casa do Galo, e é crucial que o time de Milito consiga os três pontos em cada duelo.

O ponto que conquistamos fora contra o Corinthians, temos que fazer valer ganhando os dois jogos em casa — disse Alan Franco.

Atlético vai poupar contra o Criciúma?

O Atlético está em uma maratona intensa de jogos que já teve finais do Mineiro, jogos da Libertadores e início do Brasileirão. Todos jogos muito complicados. Esse duelo contra o Criciúma é considerado o mais tranquilo dessa sequência, pela qualidade do adversário e por ser em casa. Por isso, é possível que alguns jogadores sejam poupados diante do desgaste de viagens e jogos sem parar, e também visando as próximas partidas, contra Cruzeiro e Peñarol.

Quem tem sido constantemente preservado é Hulk, sempre substituído por Milito nos jogos, e pode assim ter menos minutos nesta quarta. Zaracho é um jogador que fisicamente tem muitos problemas e também pode ganhar um descanso — principalmente após a entrada dura que sofreu de Fagner no último jogo. Ainda tem Battaglia, que fica de fora por ser expulso contra o Corinthians.

O time inicial do Atlético ainda é uma incógnita, mas, o mais importante, é que ele tem jogado da mesma forma, independente de quem atue, algo destacado por Milito e também por Alan franco.

— A escalação vai depender da forma do adversário. Temos que estar todos preparados para quando o Milito escolher. É estar pronto para jogar e fazer as coisas bem. O importante não é quem joga e sim o sistema coletivo. Se todos estamos bem, a equipe vai estar sempre bem, independente de quem joga — destacou o volante equatoriano.

Franco, inclusive, deve ser uma das novidades no time de Milito, seja na vaga do suspenso Battaglia ou de Zaracho, por exemplo. Quem também não iniciou o último jogo e pode jogar nesse é Gustavo Scarpa. Rubens, Rabello e Alisson também podem aparecer.

Sequência como mandante do Atlético

Fazer da Arena MRV uma fortaleza é o que o Atlético quer, e terá oportunidades seguidas. Em meio a sequência cansativa de jogos, o Galo, pelo menos, não terá que viajar até a próxima semana, já que faz três jogos seguidos como mandante, incluindo o desta quarta. Confira:

  • Campeonato Brasileiro: Atlético x Criciúma – 17 de abril, quarta-feira – 19h
  • Campeonato Brasileiro: Atlético x Cruzeiro – 20 de abril, sábado – 21h
  • Libertadores: Atlético x Peñarol – 23 de abril, sábado – 21h
Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo