Brasileirão Série A

Atlético-MG conseguiu melhorar desempenho em casa com a Arena MRV, e se despede dela neste domingo

Atlético fará seu último jogo em 2023 na Arena MRV, que ajudou o clube a melhorar como mandante no Brasileirão

O Atlético-MG entra em campo na Arena MRV neste domingo (26), às 16h, para encarar o Grêmio. Além do duelo direto por Libertadores (e quem sabe título), o jogo também vai marcar a despedida do Galo de sua nova casa, que cumpriu com o seu papel e conseguiu fazer o time melhorar o aproveitamento como mandante no Campeonato Brasileiro.

Historicamente um time muito forte como mandante, o Atlético-MG teve em 2022 um dos piores aproveitamentos de sua história no quesito – 29/57 pontos conquistados. Em 2023, as coisas caminhavam para ser ainda piores, já que o Galo teve apenas 44,44% de aproveitamento no primeiro turno, jogando no Mineirão e no Independência. O clube chegou a ficar seis jogos seguidos sem vencer jogando em casa.

A Arena MRV foi inaugurada no primeiro jogo do Atlético como mandante no returno com a intenção de ajudar o clube a melhorar esse desempenho. E deu certo. Nos oito jogos que realizou na sua casa própria, o Galo venceu seis e perdeu dois, fazendo o aproveitamento subir para 75%.

Atlético como mandante no Brasileirão

Antes da Arena MRV

  • 9 jogos
  • 3 vitórias
  • 3 empates
  • 3 derrotas
  • 12 pontos – 44,44% de aproveitamento

Na Arena MRV

  • 8 jogos
  • 6 vitórias
  • 2 derrotas
  • 18 pontos – 75% de aproveitamento

O Atlético poderia ter um aproveitamento ainda melhor, quem sabe 100%, se não tivesse perdido jogos para Coritiba e Cruzeiro, dois times que lutam contra o rebaixamento e que o Galo chegou para as partidas como franco favorito.

Ao todo, o Atlético soma 30 pontos (58,82%) como mandante no Brasileirão, sendo atualmente o 8° melhor no quesito. O Galo ainda tem dois jogos para fazer em casa na competição. Além do Grêmio, encara também o São Paulo. No entanto, a Arena MRV não está disponível para esse último jogo, já que a CBF adiou o fim do torneio e a data do jogo vai coincidir com um show que já estava marcado para a casa atleticana. O duelo contra o Tricolor Paulista será no Mineirão.

Mas, mesmo se vencer os dois últimos jogos que lhe restam em casa, o Atlético vai seguir abaixo da sua média histórica na competição. Desde 2006, quando o modelo atual (pontos corridos com 20 times) começou, o Galo tem uma média de 37,5 pontos como mandante, mas nesta atual edição pode chegar no máximo aos 36.

O Atlético como mandante no Brasileirão (2006-2022)

  • 2006 – Estava na Série B
  • 2007 – 9 vitórias, 6 empates e 4 derrotas – 57,89% – 33 pontos
  • 2008 – 9 vitórias, 8 empates e 2 derrotas – 61,4% – 35 pontos
  • 2009 – 9 vitórias, 5 empates e 5 derrotas – 56,14% – 32 pontos
  • 2010 – 9 vitórias, 1 empate e 9 derrotas – 49,12% – 28 pontos
  • 2011 – 10 vitórias, 3 empates e 6 derrotas – 57,89% – 33 pontos
  • 2012 – 14 vitórias e 5 empates – 82,45% – 47 pontos
  • 2013 – 13 vitórias, 5 empates e 1 derrota – 77,19% – 44 pontos
  • 2014 – 12 vitórias, 5 empates e 2 derrotas – 71,92% – 41 pontos
  • 2015 – 13 vitórias, 2 empates e 4 derrotas – 71,92% – 41 pontos
  • 2016 – 13 vitórias, 3 empates e 3 derrotas – 73,68% – 42 pontos
  • 2017 – 7 vitórias, 4 empates e 8 derrotas – 43,85% – 25 pontos
  • 2018 – 12 vitórias, 4 empates e 3 derrotas – 70,17% – 40 pontos
  • 2019 – 10 vitórias, 2 empates e 7 derrotas – 56,14% – 32 pontos
  • 2020 – 14 vitórias, 4 empates e 1 derrotas – 80,7% – 46 pontos
  • 2021 – 17 vitórias, 1 empate e 1 derrotas – 91,22% – 52 pontos
  • 2022 – 8 vitórias, 5 empates e 6 derrotas – 50,8% – 29 pontos
  • 2023 – 9 vitórias, 3 empates e 5 derrotas – 58,82% – 30 pontos*

Em 2024, o Atlético terá a Arena MRV desde o início do Brasileirão e pode usá-la para voltar a ser dominante em casa. O estádio vai receber ainda a mudança para grama sintética, algo que pode ser mais um ponto a favor do Galo, como apontaram os jogadores atleticanos. Fora isso, o entorno do estádio está cada vez mais atleticano, o que ajuda na identificação.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo