Ásia/Oceania

Após receber chicotada, jogador do Al-Ittihad pode ser multado e até suspenso

Atacante Hamdallah foi agredido por torcedor após derrota na Supercopa da Arábia Saudita

O confronto entre Al-Hilal e Al-Ittihad, pela final da Supercopa da Arábia Saudita, foi tema dos principais jornais esportivos do mundo e viralizou nas redes sociais, não só pelo título do time treinado por Jorge Jesus, mas também pelo ocorrido após o jogo. Hamdallah, atacante do Al-Ittihad, acabou agredido por um torcedor com um chicote após a partida. Surpreendentemente, o atleta ainda pode ser punido com o pagamento de uma multa e também com a suspensão de dois jogos.

Segundo informações do jornal árabe Al-Sharq Al-Awsat, antes de ter recebido a chibatada, o atacante marroquino teria provocado o torcedor que o agrediu, jogando água contra as arquibancadas. Hamdallah pode perder duas partidas e ainda ter que pagar uma multa no valor de 30 mil reais. O Al-Ittihad acabou derrotado pelo Al-Hilal pelo placar de 4 a 1 e ficou com o vice-campeonato da Supercopa da Ásia.

“Hamdallah será punido por este incidente, na aplicação dos regulamentos. Será considerado um comportamento vergonhoso”, disse o jornal Al-Sharq Al-Awsat.

Hamdallah não prestou queixa contra agressor

De acordo com o portal Goal, o atacante marroquino não prestou queixa contra o torcedor que o chicoteou. O agressor chegou a ser detido no momento do ocorrido, mas liberado pouco tempo depois. Hamdallah foi um dos personagens do jogo, já que marcou o único gol de sua equipe, e também fez sinal de silêncio em direção à torcida do Al-Hilal durante a sua comemoração.

A derrota para o Al-Hilal manteve um tabu de três anos do Al-Ittihad sem vencer seu rival. Nos últimos 11 jogos, são 10 vitórias da equipe de Neymar, Malcom e Jorge Jesus e apenas um empate. A última vitória do time Aurinegro no clássico foi em 2021, quando venceu pelo placar de 2 a 0 no dia nove de abril, em jogo válido pela 25ª rodada da Saudi Pro-League da temporada 2020/2021.

Na atual temporada, o time agora treinado por Marcelo Gallardo conseguiu uma leve recuperação na tabela da liga saudita, e ocupa a quarta colocação da competição com 47 pontos, contudo, está muito longe do líder Al-Hilal, que tem 77 e distante do Al-Nassr, vice-líder que tem 65. Vale lembrar que somente os dois primeiros colocados da Saudi Pro-League se classificam diretamente a fase de grupos da Champions Asiática.

No outro lado do confronto, o Al-Hilal segue aumentando o recorde de vitórias consecutivas de um clube de futebol. Com o título da Supercopa da Arábia Saudita, o time comandado por Jorge Jesus alcançou a marca de 34 triunfos seguidos. O próximo compromisso da equipe azul acontece na próxima terça-feira (16), quando enfrenta o Al-Ain pela semifinal da Champions Asiática.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo