Sul-Americana

Corinthians tem cenário perfeito para espantar desconfiança na Sul-Americana

Corinthians tem 100% de aproveitamento contra o Nacional-PAR e um retrospecto positivo contra equipes paraguaias

O Corinthians tem um cenário perfeito para espantar a desconfiança da estreia na Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira (9), o Timão enfrentará o Nacional-PAR (onde assistir) com 100% de aproveitamento em encontros anteriores. Os comandados de António Oliveira vão receber os paraguaios na Neo Química Arena, às 19h (horário de Brasília), pela segunda fase da competição continental.

Este será o terceiro confronto entre as equipes na história. São duas vitórias do time do Parque São Jorge em duas partidas, com cinco gols marcados e apenas um sofrido. Ou seja, a expectativa é de uma vitória, principalmente após o empate amargo com o Racing-URU por 1 a 1, em Montevidéu.

Com o resultado, o Corinthians soma apena um ponto e ocupa a segunda posição do Grupo F, atrás do Argentinos Juniors, que estreou com vitória sobre o Nacional-PAR por 3 a 0.

Corinthians x Nacional-PAR

  • Corinthians 2 × 0 Nacional-PAR — Estádio do Pacaembu — fase de grupos da Libertadores 2012;
  • Nacional-PAR 1 × 3 Corinthians — Estádio 3 de Febrero, Ciudad del Este — fase de grupos da Libertadores 2012.

Retrospecto contra paraguaios é positivo

Além do retrospecto contra os adversários desta terça-feira, o Corinthians também tem bom histórico contra equipes paraguaias. No placar geral, o time alvinegro enfrentou equipes tradicionais do país vizinho, como Cerro Porteño, Olímpia e Libertad, em 20 partidas. Ao todo, tem 11 vitórias, sendo quatro empates e cinco derrotas. Nessas partidas, a equipe alvinegra balançou as redes 55 vezes e sofreu 34 gols.

O primeiro jogo contra um adversário paraguaio aconteceu em 15 de novembro de 1942, no estádio do Pacaembu, contra o Libertad. A partida terminou empatada por 2 a 2. Os gols alvinegros foram de Teleco e Hércules.

Em 28 de fevereiro de 1965, foi realizado um amistoso entre Corinthians e Seleção Paraguaia, no estádio Defensores del Chaco. Mas infelizmente, a equipe corintiana perdeu o jogo pelo placar de 4 a 3. Os gols alvinegros foram de Marcos (2) e do Reizinho do Parque, Rivelino.

A última partida válida envolvendo equipes paraguaias foi justamente contra o Nacional, pela Copa Libertadores, no dia 11 de abril de 2012. O confronto aconteceu em Ciudad del Este, na divisa com o Paraná. Naquela ocasião, o Corinthians venceu por 3 a 1. Os gols corintianos foram marcados por Jorge Henrique, Sheik e Elton.

António Oliveira estará na súmula da partida como auxiliar

Mais uma vez António Oliveira será escalado como auxiliar na súmula da Sul-Americana. O assistente Bruno Lazaroni será colocado na súmula no papel de treinador do Corinthians. Vale ressaltar que António é quem dirigirá a equipe.

O motivo é o mesmo da semana passada, que fez com que António também não pudesse conceder entrevista coletiva após a partida. O técnico português ainda aguarda a chegada de sua carteirinha da Licença Pro da Uefa.

A Licença Pro permite que ele comande qualquer clube nas principais competições da Europa e também das organizadas pela Conmebol, através de uma parceria entre as instituições.

Jogos do Corinthians na fase de grupos da Sul-Americana

  • Racing (URU) 1 × 1 Corinthians — Estádio Centenário
  • Corinthians x Nacional (PAR) — Neo Química Arena — 9 de abril, às 19h;
  • Argentinos Jrs (ARG) x Corinthians — Estádio Diego Armando Maradona — 23 de abril, às 21h30;
  • Nacional (PAR) x Corinthians — Estádio Defensores del Chaco — 7 de maio, às 19h;
  • Corinthians x Argentinos Jrs (ARG) — Neo Química Arena — 14 de maio, às 19h;
  • Corinthians x Racing (URU) — Neo Química Arena — 28 de maio, às 19h.
Foto de Livia Camillo

Livia Camillo

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário FIAM-FAAM, escreve sobre futebol há cinco anos e também fala sobre games e cultura pop por aí. Antes, passou por Terra, UOL, Riot Games Brasil e por agências de assessoria de imprensa e criação de conteúdo online.
Botão Voltar ao topo