Libertadores

Ganso cresce de produção e ajuda Fluminense a melhorar resultados em 2024

Camisa 10 do Tricolor vive bom momento em 2024 e faz equipe melhorar com mais participações em gols

O Fluminense ainda não deslanchou em 2024, mas começa a dar alguns indícios de melhora nas últimas semanas. Na opinião do técnico Fernando Diniz, apesar do mau início de Campeonato Brasileiro, o momento do Tricolor é crescente em 2024. Classificado na Copa do Brasil e na Libertadores, o time cresce de produção junto a Paulo Henrique Ganso.

Maestro do Flu desde 2019, o camisa 10 é o jogador do elenco com mais tempo de casa. O Fluminense já é o clube por onde Ganso mais entrou em campo: 232 vezes, com 25 gols e 27 assistências. Nos últimos jogos, seja com participação direta em gols ou não, ele tem ajudado o time a melhorar seus resultados.

Na vitória por 2 a 0 sobre o Sampaio Corrêa, o passe para o gol de Arias, que abriu o placar, saiu do seu pé esquerdo. A qualidade de Ganso nunca esteve em questão, mas é fato que, com Fernando Diniz e este Fluminense, o jogador de 34 anos recuperou seu futebol.

Diniz cobra Ganso mais perto do gol no Fluminense

O Fluminense se acostumou a ter em Paulo Henrique Ganso seu principal organizador. O camisa 10 flutua por todo o campo e ajuda o Tricolor em todas as fases de construção do jogo, da defesa até o ataque.

Ganso já afirmou, no passado, que Diniz o cobra para “organizar” o time em campo. Mas agora, o treinador tem feito uma cobrança diferente: quer o meia mais próximo do gol, principalmente dentro da área.

— A gente sempre cobra que ele chegue mais na área, porque ele tem essa capacidade — afirmou Diniz.

Tem dado certo. Foi de dentro da área que saíram os seus dois gols em 2024, ambos de cabeça, contra Vasco e Cerro Porteño, ambos em vitórias do Fluminense. E também o passe para Arias abrir o placar sobre o Sampaio Corrêa na Copa do Brasil.

— Acho que a partir do momento em que ele pisa mais na área, mesmo quando não faz gol, ele propicia que o Cano e outros jogadores tenham mais chances de marcar. Tem boa finalização, é um cara grande, tem altura. No jogo contra o Bragantino e contra o Colo-Colo, o Cano não faz o gol, mas ele é importante porque está na área desviando a atenção de alguém. Acaba sobrando outro companheiro para fazer o gol — disse o técnico.

Ganso é líder de assistências do Fluminense em 2024

Mas Ganso sempre se destacou mesmo criando oportunidades. Não à toa, o camisa 10 é o líder de assistências do Fluminense em 2024, com três, empatado com o colombiano Jhon Arias.

A produção ofensiva do Tricolor ainda não é a mesma dos últimos anos, mas com o Maestro inspirado, as coisas costumam fluir melhor.

Ao todo, suas 27 assistências pelo Fluminense ficam atrás apenas de Arias, que já distribuiu 37 passes para gol desde que chegou ao Tricolor, em 2021. A dupla funcionou contra o Sampaio Corrêa.

Como está o Fluminense em 2024

Próximos jogos do Fluminense

Veja os próximos confrontos do Fluminense na continuação da temporada:

  • Fluminense x Alianza Lima — Libertadores — quarta-feira, 29 de maio — 21h30 (de Brasília);
  • Fluminense x Juventude — Campeonato Brasileiro — sábado, 1 de junho — 18h30 (de Brasília);
  • Botafogo x Fluminense — Campeonato Brasileiro — quarta, 12 de junho — 17h (de Brasília).
Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo