“Infinitos Lutos”, com histórias de Chapecó, é lançado pela Editoria Ludopédio

Chapecó é uma cidade marcada no futebol. Viu o seu time, a Chapecoense, galgar degraus na pirâmide do futebol brasileiro até atingir uma final continental, na Sul-Americana, contra a equipe então campeã da Libertadores. Aquele sonho interrompido pela tragédia do acidente aéreo, no dia 28 de novembro de 2016, deixou marcas e histórias. O livro “Infinitos Lutos – De histórias não contadas de Chapecó”, da Editora Ludopédio, é uma obra de muita sensibilidade e excelente trabalho jornalístico e de escritor de Roberto Passeri.

LEIA TAMBÉM: Chapecoense: As lembranças que perdurarão para sempre

A convite da Editora Ludopédio, escrevi um prefácio que virá na contra-capa do livro. É uma obra linda, que conseguiu extrair histórias inéditas e, fazendo jus a um mantra aqui da Trivela, foi além do óbvio. Por isso, recomendo muito a leitura.

O livro está em pré-venda desde o dia 27 de novembro e ficará assim até o dia 20 de dezembro no site do Ludopédio. A Editora oferece um desconto de 20% nesse período: de R$ 55 por R$ 44.

Nesta terça-feira, 1/12, 19h30 (horário de Brasília), a Editora Ludopédio fará uma live com o autor para comentar sobre o livro, da qual eu fui gentilmente convidado a participar. Acompanhe:

Abaixo você lê o comunicado da Editoria Ludopédio, do site de mesmo nome, falando sobre o lançamento:

Você nunca recebeu um release da Editora Ludopédio. Lá se vão 11 anos do Ludo, o maior portal acadêmico de futebol da América Latina. Só em 2020, porém, é que concretizamos a nossa tão sonhada casa de publicações. E que ano! De novos arranjos, correrias, mas também de muita solidariedade, sintonia fina e aprendizado.

Há quatro anos, mais precisamente em 29 de novembro de 2016, recebíamos a notícia da queda do avião da Chapecoense em solo colombiano. Setenta e um mortos. Um jovem jornalista, impactado pelo episódio, largou tudo e rumou à cidade catarinense para viver (por sete meses!) o que deveria ser vivido: o luto de quem ficou.

O resultado é o livro INFINITOS LUTOS – De histórias não contadas de Chapecó, de Roberto Passeri. Uma viagem aos sentimentos dos que seguem, cada uma à sua maneira, tentando entender, acomodar ou mesmo aceitar. Um caleidoscópio de 21 capítulos com diferentes linguagens e tons, que de certa forma representam as faces quase infinitas do luto e de cada um de seus estágios. É sobre perdas, sentimentos e lembranças. Ainda que a maior parte do livro seja de crônicas, é possível encontrar poesia, carta, transcrições de entrevistas e material jornalístico inédito.

Com muito orgulho, convidamos todos a conhecerem, a lerem e divulgarem este (s) novo (s) olhar (es) sobre o que envolveu a Chape. Fechamos esta parte inicial do release, então, com trechos dos textos de Felipe Lobo e João Albuquerque, jornalistas que sentem o futebol lá no fundo e compartilham conosco suas impressões:

O susto, o medo, a raiva, a esperança, a união, a solidariedade, a luta, o lado feminino do luto… tudo está aqui. Com sua entrega corajosa, precisa e delicada, Passeri nos dá uma aula de pesquisa jornalística e, indiscutivelmente, nos torna mais humanos!

– João Carlos Albuquerque, o Canalha!

Prepare-se para conhecer um pouco mais sobre a cidade de Chapecó, o clube e se emocionar com as histórias (…). Te aconselho a deixar um lenço por perto, só por precaução. Você está prestes a mergulhar em um mar de humanidade com uma sensibilidade enorme de quem te conta.

– Felipe Lobo, da Trivela

__

Roberto Passeri é jornalista e escritor, carioca dos arredores do Maracanã – ali descobriu cedo que o futebol é bem mais do que um jogo. Escreveu para os canais SporTV, Premiere, Universal, Syfy, Multishow e BIS. Em 2017, mudou-se para Chapecó e mergulhou nos escombros afetivos da maior tragédia da história do esporte brasileiro. Nos anos seguintes, auto-exilado em Portugal, concluiu o curso de formação de treinadores da UEFA e também a edição deste livro. Atualmente, dedica-se à escrita de contos, crônicas e roteiros.

SOBRE O LUDOPÉDIO

O Ludopédio é o maior portal acadêmico sobre futebol da América Latina. Nossa missão é construir uma rede de conteúdos, informações, pesquisadores/as e interessados/as em temas relacionados ao futebol e às Ciências Humanas. Os oito membros do portal organizam, produzem e compilam trabalhos e pesquisas voltados ao futebol e dividem-se entre tarefas de edição, publicação e divulgação de conteúdos em formato de texto, vídeo, podcast e, agora, mais recentemente, livro! O Ludopédio acredita demais na força do trabalho coletivo e, por isso, conta com uma vasta rede de colaboradores/as para construir um futebol – e por que não uma sociedade – mais democrática e justa, livre de racismo, sexismo, LGBTfobia, exclusão social e outras formas de intolerância.

EQUIPE

Enrico Spaggiari, Marco Antunes de Lima, Marco Lourenço, Marcel Diego Tonini, Max Rocha, Raul Andreucci, Sérgio Settani Giglio, Victor L. Figols

CATÁLOGO

Coleção Campo de Jogo
01 _ UMA DÉCADA DE LUDOPÉDIO – Dez textos da história da Arquibancada

Org. Marco Lourenço, Raul Andreucci e Victor L. Figols

02 _ DEMOCRACIA FÚTBOL CLUB – O jogo de bola além das quatro linhas

Roberto Jardim

CANAIS

ludopedio.com.br |ludopediofc.com.br |[email protected] | facebook.com/ludopediofutebol | instagram.com/ludopedio | twitter.com/ludopedio | youtube.com/ludopedio

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo