Itália

Matias Viña chega para substituir Spinazzola na Roma, com muito potencial para brilhar

Viña era um dos melhores laterais atuando na América do Sul e chega à Roma para tentar o salto na carreira paras o futebol europeu

O lateral Matías Viña, de 23 anos, foi oficialmente anunciado pela Roma, depois de deixar o Palmeiras. O clube italiano pagou € 13 milhões e mais bônus pelo lateral esquerdo. O clube brasileiro ainda mantém uma parcela dos direitos em caso de transferência futura. O uruguaio assinou contrato até junho de 2026. Ele vestirá a camisa 5 nos giallorossi.

LEIA TAMBÉM:
Juventus, Atalanta, Roma e Lazio não estarão licenciadas no FIFA 22
Após romper ligamentos dos dois joelhos, mesmo um gol em amistoso vale muito a Zaniolo
Agora com a New Balance, Roma apresentou uniforme para 2021/22 mantendo o desenho tradicional

Feliz com a transferência, o jogador contou que sempre teve o sonho de jogar no futebol europeu e está ansioso para isso. “Eu estou feliz em ser desejado por um clube te tanto prestígio quanto a Roma”, afirmou Viña. “Eu sempre sonhei em jogar na Europa desde que era criança e ser capaz de realizar esse sonho jogando com a camisa da Roma é algo que me deixa muito orgulhoso”, continuou. “Eu mal posso esperar para me juntar ao técnico e aos meus novos companheiros e então correr para o campo para jogar em frente aos nossos torcedores”.

Viña foi formado no Nacional e foi lá que se destacou por duas temporadas. Em 2020, foi contratado pelo Palmeiras ainda em janeiro e rapidamente se tornou um destaque. Foi um dos melhores jogadores na sua posição desde que chegou ao Brasil. É uma figura constante na seleção uruguaia, convocado, desde 2019.

Chega à Roma com uma missão complicada: substituir Leonardo Spinazzola, lateral esquerdo que foi destaque da Itália na Euro 2020. Se machucou em jogo das quartas de final com uma lesão grave, no tendão de Aquiles. A recuperação é longa e precisará de muitos meses afastado para se recuperar. Viña chega com a missão de preencher bem aquele papel e tem potencial para ser um dos melhores também da liga italiana.

Até aqui, Viña tem 16 jogos pela seleção uruguaia. Foi titular de um time histórico do Palmeiras, que conquistou a Libertadores 2020. “A chegada de Matis Viña nos permite resolver, da melhor maneira possível, uma lacuna que foi criada pela lesão infelizmente sofrida por Leonardo Spinazzola”, afirmou o diretor esportivo da Roma, Tiago Pinto. “Com apenas 23 anos, Matis já ganhou troféus diferentes clubes, primeiro no Uruguai, depois no Brasil, e com incluindo a Copa Libertadores e Copa do Brasil. Ele é um jogador com mentalidade vencedora e grande potencial para melhorar ainda mais”.

Viña é o terceiro reforço da Roma, que já tinha contratado o goleiro Rui Patrício, que veio do Wolverhampton, e Eldor Shomurodov, que jogava pelo Rostov.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo