Premier League

De Zerbi admite medo de perder João Pedro: ‘Espero trabalhar com ele no ano que vem’

Após vitória do Brighton contra o Tottenham, Roberto De Zerbi não poupou elogios a João Pedro, mas já fala com cautela sobre permanência no clube

Nesta quinta-feira (28), o Brighton voltou a vencer na Premier League depois de dois resultados negativos. Jogando em casa, os Seagulls bateram o Tottenham por 4 a 2. O grande destaque da noite foi o brasileiro João Pedro, que marcou dois gols de pênalti e deu uma assistência. E por mais que isso seja bastante positivo para a equipe do Sul da Inglaterra, o sucesso do camisa 9 deixa um gosto um pouco amargo até mais cedo do que deveria.

Após a partida, o técnico Roberto De Zerbi não poupou elogios ao brasileiro:

— Ele foi o melhor jogador em campo. Ele fez mais um jogo incrível. Eu estou bastante feliz com a evolução dele em mentalidade e atitude. Na fase defensiva, ele atuou basicamente como um zagueiro por 90 minutos — afirmou o italiano.

Mas mesmo com todo o sucesso, incluindo a vaga para disputar a Liga Europa nesta temporada, para um clube como o Brighton ainda existe um grande problema: perder jogadores para equipes consideradas maiores no país. Foi assim com Moisés Caicedo e Alexis Mac Allister, que deixaram os Seagulls para atuar por Chelsea e Liverpool, respectivamente, na última janela de transferências.

Até pensando nisso, De Zerbi continuou a entrevista já concedendo que deve ser difícil segurar João Pedro, até antes do que o clube imaginava.

— Ele está se tornando um jogador de elite. Espero que possa trabalhar com ele no ano que vem, mas sei que será muito difícil — completou.

O sucesso de João Pedro

Revelado nas categorias de base do Fluminense, João Pedro se tornou a compra mais cara da história do Brighton, que pagou 30 milhões de libras ao Watford para contar com o atacante.

Não demorou para que o novo camisa 9 da equipe deixasse a sua marca, principalmente da cal. São 13 gols e duas assistências em 26 jogos disputados entre Premier League, Liga Europa e Copa da Liga Inglesa. Oito deles vieram da marca do pênalti, com cinco das faltas sendo sofridas por ele mesmo.

Pode parecer um número muito grande, mas o Brighton sofreu bastante com cobradores de pênaltis na Premier League antes da efetivação de Mac Allister. Em João Pedro, o clube, que pisa bastante na área adversária e gera muitas situações de perigo, achou um novo cobrador confiável: são oito pênaltis convertidos em oito cobranças, variando cantos e estilos para dificultar a vida dos goleiros adversários.

Onda de lesões

Apesar da vitória e da grande noite de João Pedro, o Brighton não saiu do confronto contra o Tottenham apenas com boas notícias. A equipe do Sul da Inglaterra perdeu mais dois jogadores por lesão nesta quinta, o defensor brasileiro Igor Junior, que vem tendo minutos como zagueiro e lateral esquerdo, e o meia argentino Facundo Buonanotte.

Com os novos dois lesionados, a lista do departamento médico do Brighton agora tem dez nomes: os defensores Tariq Lamptey, Adam Webster e Joel Veltman, os meias Solly March e Julio Enciso, e os atacantes Simon Adingra, Ansu Fati e Kaoru Mitoma.

Na véspera do jogo contra o Tottenham, De Zerbi falou sobre a situação de Mitoma, que deve perder de quatro a seis semanas por causa de uma lesão sofrida no empate contra o Crystal Palace no dia 22 de dezembro. Com isso, é bem provável que o ponta também desfalque o Japão na Copa Asiática, que começa no dia 12 de janeiro.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo o futebol. Por mais redundante que seja, ama escrever sobre o que é apaixonado, ficando de olho em tudo o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo