Inglaterra

Nuno diz que conta com Harry Kane e montará um Tottenham para a torcida amar

Em sua primeira entrevista como técnico dos Spurs, Nuno disse que "Harry é nosso jogador e ponto final"

Um time que dê orgulho, que faça o torcedor gostar dos jogos do Tottenham e amar os jogadores. E entre esses jogadores citados no sonho e na promessa de Nuno Espírito Santo em sua primeira entrevista coletiva como treinador dos Spurs, ele espera que esteja Harry Kane, que teria sinalizado ao clube que chegou a hora de buscar um novo clube para conquistar títulos.

Veículos ingleses como a Sky Sports e o The Guardian publicaram antes da Eurocopa que Kane havia informado à diretoria que deseja uma transferência. Ao tocar no assunto, deixou a porta entreaberta ao afirmar que “esperava ter uma conversa sincera com o presidente” Daniel Levy. Também foi reportada uma proposta de £ 100 milhões do Manchester City, o principal interessado nos serviços do capitão da seleção vice-campeã europeia.

Kane ainda não retornou da delegação inglesa, que fechou a campanha na Euro 2020 com derrota para a Itália nos pênaltis no último domingo, nem teve uma conversa com Nuno Espírito Santo, que, de qualquer maneira, está otimista que trabalhará com um dos melhores centroavantes do mundo.

“Harry é nosso jogador. Ponto final”, disse o português. “Não precisamos falar sobre nada mais. Agora é o momento para Harry recuperar sua energia. Quando ele retornar, teremos tempo para conversar. Mas agora é o momento para Harry e o resto se preparar para o que temos pela frente. Estou ansioso para que ele se junte ao grupo e para começarmos a trabalhar juntos. O melhor é trabalhar com os melhores jogadores, e Harry é um deles. Não tenho dúvidas que quando Harry Kane chegar ele sentirá que todos nós estamos comprometidos a melhorar. Somos pessoas ambiciosas. Queremos ir bem. E contamos com Harry para isso”.

Por outro lado, Nuno Espírito Santo foi taxativo que Gareth Bale não fará parte do elenco do Tottenham na próxima temporada, após um ano emprestado pelo Real Madrid, e espera receber contratações cirúrgicas neste mercado. “Eu não acho que seja fácil melhorar nosso time, mas precisamos fazê-lo. Temos que ser precisos nos jogadores que contratamos. Eles têm que trazer algo que ainda não temos. E além de ser um jogador fantástico, tem que ser um bom ser humano porque tudo começa aí”, afirmou.

Ao contratar Nuno Espírito Santo, Daniel Levy comemorou que estava retornando ao “DNA do Tottenham” de ter um time ofensivo, embora não fosse exatamente assim que o observador atento descrevia o Wolverhampton do português. Mas ele promete que fará o torcedor se divertir na próxima temporada e não se preocupa em não ter sido a primeira opção dos Spurs. Levy procurou pelo menos seis treinadores antes de fechar com Nuno: Mauricio Pochettino, Antonio Conte, Paulo Fonseca, Julian Lopetegui, Hansi-Flick e Gennaro Gattuso.

“Quando o telefone tocou e eu tive a chance de me reunir com o Tottenham, tudo mudou do meu ponto de vista. Estou onde quero estar e queria estar. As expectativas em clubes grandes são enormes e você tem que estar preparados para elas. O jeito que você se preparar é ignorando todo o barulho e focando no que pode controlar. O que posso controlar é a preparação dos jogadores”.

“Queremos orgulhar nossos torcedores, fazê-los gostar do nosso time e amar nossos jogadores. Eu acho que eles vão gostar. É isso que estou falando para os jogadores: vamos nos divertir. Nosso futebol precisa ser um reflexo do que estamos fazendo e do que queremos fazer. E estou totalmente confiante que os torcedores vão amar”, encerrou.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo