Inglaterra

Drama de Nkunku volta no Chelsea e ele está fora por um mês

O meia francês Christopher Nkunku sofre a terceira lesão em menos de um ano no Chelsea

Desde que a temporada iniciou para o Chelsea, em 13 de agosto do ano passado, o meia Christopher Nkunku ficou fora 167 dias (de 199 em 2023/24) por questões físicas. Agora, um novo problema. O francês, que atuou 53 minutos na derrota para o Liverpool no último domingo (25), sentiu nova lesão e será desfalque por mais um mês, conforme informou o técnico Mauricio Pochettino.

O treinador argentino lamentou o outro problema físico do meia, que não consegue ter uma continuidade e jogar como jogou na Alemanha.

– Descobrimos [a lesão] depois da final. É difícil para ele [Nkunku], porque estávamos assistindo quando ele chegou na pré-temporada e ele estava voando, em campo e treinando nos Estados Unidos [onde aconteceu a pré-temporada], até que machucou o joelho. Agora já se passaram quase oito meses, e mesmo quando ele estava pronto para se envolver novamente, ele nunca mais foi o mesmo jogador de antes. Esse é o risco porque temos na cabeça o melhor Nkunku que todos conhecem da Alemanha, mas não é o mesmo jogador quando precisamos de impacto na final, por circunstâncias diferentes.

Nkunku, contratado no meio do ano passado por 60 milhões de euros, pagos ao RB Leipzig, sofreu uma grave lesão no joelho ainda na pré-temporada e foi obrigado a passar por cirurgia. Só retornou aos gramados em dezembro para finalmente estrear. Depois, no início de janeiro, teve um problema no quadril, o que impediu a continuidade na recuperação anterior. Até o momento, são apenas 10 jogos com os Blues, boa parte deles saindo do banco de reservas, e dois gols marcados.

– Não é bom para a equipe, para nós, porque não podemos proporcionar à equipe um jogador que possa atuar, fazer gols e ser importante nesse tipo de jogo. Precisamos ver, mas acho que no momento daqui a três ou quatro semanas, não mais, espero.

Considerando o período citado por Pochettino, Nkunku ficaria fora dos jogos da Seleção Francesa na data Fifa e voltaria a jogar pelo Chelsea em 30 de março, quando recebe o Burnley pela 30ª rodada da Premier League.

Após perder título, Chelsea busca compensa na Copa da Inglaterra

Apenas três dias depois de perder um título para um Liverpool cheio de garotos, os Blues focam agora nas oitavas de final da Copa da Inglaterra. Enfrentam, nesta quarta-feira (28), o Leeds United, que atualmente vem de 12 jogos de invencibilidade entre jogos da copa e da Championship, a segunda divisão inglesa.

Pochettino detalhou o estado anímico dos jogadores após a derrota e exaltou o elenco, focado para o jogo de hoje.

– Quando se perde uma final não é fácil recuperar, mas estou feliz porque penso que os jogadores estão realmente concentrados e avançando. Se você perguntar aos jogadores hoje, todos eles querem se envolver no jogo. Eles estão, claro, desapontados porque não ganhamos a Carabao Cup, mas precisamos passar para amanhã [hoje]. Estou feliz porque acho que eles reagiram bem e estão bem.

A FA é a oportunidade para o time de Londres vencer algo em uma temporada extremamente negativa. Além do vice, a equipe não disputou competições europeias e na Premier League não deve passar do meio a tabela.

– Precisamos manter o ânimo, seguir em frente e estar prontos. É outra competição, a FA Cup, e queremos ir até ao fim. Portanto, precisamos estar prontos porque temos pela frente um adversário muito bom, o Leeds, que venceu os últimos nove jogos [da Championship]. Eles estão em um bom momento e será difícil. É por isso que precisamos de ter confiança e energia. – finalizou.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo