Inglaterra

Guardiola diz que Manchester City não pensa em Messi, mas quer Harry Kane

Manchester City está fora da disputa por Messi, ao menos segundo o técnico Pep Guardiola, que mira em levar Kane ao Etihad

A repentina e surpreendente saída (será?) de Lionel Messi do Barcelona não fez com que o Manchester City se colocasse como um dos possíveis destinos. Pep Guardiola falou em entrevista coletiva nesta sexta-feira e disse que o clube não pensa em contratar o argentino, porque achou que ele permaneceria na Catalunha, além de já ter contratado Jack Grealish (que custou £ 100 milhões), que ainda recebeu a camisa 10. Além disso, ele confirmou que o clube azul-celeste quer mesmo é contratar Harry Kane.

LEIA MAIS:
Declarações de Laporta reforçam que situação de Messi no Barcelona é uma disputa com La Liga
Podcast Trivela #360: Será o fim de Messi no Barcelona?
A possível saída de Messi é reflexo direto do caos que se instaurou nas finanças do Barcelona

Em 2020, quando Messi pediu para sair do clube por desavenças com o presidente Josep Maria Bartomeu, o Manchester City era o principal candidato a receber o jogador. Só que o Barcelona bateu o pé, não quis deixá-lo sair, e ele decidiu que não iria brigar com o clube da sua vida. Ali, se ele realmente deixasse a Catalunha, o destino mais provável seria mesmo o City e a Inglaterra. Um ano depois, as coisas mudaram, especialmente depois de uma negociação por Jack Grealish e o interesse em Harry Kane, que deve custar ainda mais caro. “Neste momento, não está nos nossos pensamentos (contratar Messi), absolutamente não”, disse Guardiola.

“Quando nós poderíamos gastar esse dinheiro, muito é porque vendemos £60 milhões. Nós vendemos jovens jogadores da nossa base e emprestamos jogadores por £ 60 milhões e quando você vende £ 60 milhões, é possível [gastar £ 100 milhões]”, explicou o treinador.

“Se eles quiserem negociar, tentaremos”

O Manchester City está interessado na contratação do centroavante do Tottenham e da seleção inglesa e o técnico deixou isso claro na sua coletiva de imprensa. Apesar disso, tentou manter uma relação de respeito com os Spurs. “Ele é jogador do Tottenham e se o Tottenham Não quiser negociar, acabou. Eu acho que o Manchester City e muitos clubes no mundo querem contratá-lo, não somos uma exceção, mas isso depende do Tottenham”, disse.

“Harry Kane é um centroavante excepcional, extraordinário. Não há dúvidas sobre isso. É claro que estamos muito interessados. Mas ele é jogador do Tottenham. Se eles não quiserem negociar, então não há nada a dizer. Se eles quiserem, tentaremos”.

O Manchester City quebrou o recorde de valor pago por um jogador na Premier League ao efetivar a contratação de Jack Grealish por £ 100 milhões. A situação do meia, ex-Aston Villa, é diferente de Kane, segundo explicação do catalão. “É diferente de Jack. Ele tinha uma cláusula de rescisão e Jack é diferente. Harry é excepcional e estamos interessados nele, mas se o Tottenham não quiser negociar, nada mais a dizer”.

Segundo Guardiola, a chegada de Grealish fez com que alguns jogadores ficassem mais perto de sair, até por pedido deles. Um deles é Bernardo Silva. “Não apenas Bernardo, há dois, três, quatro jogadores que querem sair, mas eles são nossos jogadores sob contrato e quando eles trazem propostas e querem sair, estamos abertos a discutir absolutamente tudo com os jogadores do elenco. Mas depende deles e, do contrário, eles continuam a treinar e eu decido se jogam ou não”.

Manchester City em liquidação?

Jack Grealish foi a única contratação do Manchester City até agora, embora por um valor muito grande, os £100 milhões. Kane é o sonho, mas será preciso negociar mais alguns jogadores para tornar isso possível. Vendeu Angeliño, Jack Harrison e Lukas Nmecha na atual janela e ainda emprestou Issa Kabore, Marlos Moreno (sim, aquele), Filip Stevanovic, Ryotaro Meshino e Arijanet Muric.

Os nomes mais especulados para deixarem o Estádio Etihad são, além de Bernardo Silva, Gabriel Jesus, Raheem Sterling e Benjamin Mendy. Outros, como Patrick Roberts, Ko Itakura e Yangel Herrera, ainda buscam seu espaço, mas podem sair se receberem uma boa proposta, seja de venda ou empréstimo.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo