Inglaterra

Fora dos planos do United, ex-Chelsea se torna prioridade de outro clube da Premier League

Demitido em abril de 2023, Graham Potter não assumiu nenhuma outra equipe desde então

O Leicester sofreu duro golpe ao perder Enzo Maresca. O jovem técnico italiano aceitou a proposta do Chelsea e deixou o comando dos Foxes nos últimos dias.

Apesar da considerável compensação financeira depositada pelos Blues — por conta da rescisão de Maresca — o Leicester se viu obrigado a buscar um novo nome no mercado. E ao que tudo indica, o alvo número um para assumir o time já foi definido. Trata-se de Graham Potter, ex-Chelsea e Brighton.

Segundo o The Guardian, o Leicester, recém-promovido à Premier League, quer um treinador com visão de futuro, semelhante ao que foi Maresca durante seu período à frente do clube.

Cobiçado no mercado, ex-Chelsea não quer se precipitar

Graham Potter durou menos de sete meses no Chelsea. Sua passagem por Stamford Bridge decepcionou bastante, mas não manchou o legado que construiu no Brighton. Prova disso é o assédio que tem sofrido no mercado.

Desde que foi demitido dos Blues, em abril de 2023, Potter adotou cautela em relação a novas propostas de trabalho. Recentemente, ele conversou com o Brighton para um possível retorno, porém, isso não deve acontecer — os Seagulls encaminharam a contratação do norte-americano Fabian Hürzeler.

Além do Brighton, o Ajax também procurou Potter. Entretanto, a abordagem do clube holandês foi prontamente recusada pelo técnico de 49 anos.

De acordo com a imprensa inglesa, o ex-Chelsea era um dos principais candidatos ao cargo de treinador do Manchester United.

No entanto, o The Athletic anunciou nesta terça-feira (11) que Ten Hag permanecerá em Old Trafford.

Carreira de Graham Potter

Antes de se destacar no Brighton, Graham Potter treinou o Östersund, que jogava na 4ª divisão da Suécia. O técnico inglês desenvolveu trabalho de excelência por lá e levou o clube à elite do futebol sueco.

Potter dirigiu o Swansea City de junho de 2018 a maio de 2019. A curta passagem nos Cisnes foi interrompida pelo Brighton, que não desistiu até contratar o treinador.

Potter dirigiu o Brighton em três temporadas — foram 43 vitórias, 43 empates e 48 derrotas. Seu trabalho à frente dos Seagulls ficou conhecido pelo estilo de jogo arrojado, caracterizado pelo ímpeto ofensivo e criação de muitas chances de gol.

Em 8 de setembro de 2022, o técnico inglês foi anunciado pelo Chelsea, em um contrato de cinco anos. A missão de suceder Thomas Tuchel, todavia, não deu certo. A equipe londrina não evoluiu em campo, acumulou resultados negativos, e Potter acabou demitido sete meses depois, no início de abril do ano passado.

Graham Potter em Stamford Bridge, como técnico do Chelsea (Foto: Icon Sport)

Graham Potter pelo Chelsea
– 31 jogos
– 12 vitórias
– 8 empates
– 11 derrotas
– 33 gols marcados
– 31 gols sofridos

A busca do Leicester por um novo treinador

O Leicester está na mira da Premier League por supostamente ter violado regras de lucratividade e sustentabilidade. E isso pode interferir diretamente nas negociações dos Foxes por Graham Potter.

Mesmo que o técnico esteja livre no mercado e o clube não precise pagar multa, há certo receio de que não consiga arcar com a chegada de um novo contrato. O atual cenário financeiro é motivo de preocupação, e todo cuidado é pouco daqui para frente.

Além do ex-Brighton, Steve Cooper, demitido do Nottingham Forest em dezembro, é outro nome bem avaliado pela diretoria do Leicester. Ele recusou uma proposta do Burnley nos últimos dias, já que busca uma nova oportunidade na Premier League.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo