Games

TOTW #31: Cristiano Ronaldo anota 60º hat-trick da carreira e lidera Seleção da Semana

Português garantiu a vitória dos Diabos Vermelhos contra o Norwich

A Seleção da Semana #31 segue o modelo da grande maioria das TOTW desta temporada: um jogador meta se destacando e vários outros que são basicamente forragem. O líder desta semana é Cristiano Ronaldo, que conquistou seu segundo in form, agora de classificação 93, e forçou o upgrade da carta Ones-to-watch. Completando o pódio, Joshua Kimmich, do Bayern, e Erling Haaland, do Dortmund, chegam a 92 e 89, respectivamente.

Cristiano Ronaldo é um dos melhores atacantes da temporada 2022 do FUT. Combinando velocidade e força física, o gajo broca em várias situações – muitas delas passando por cima de zagueiros que não estão à sua altura. Com 5 de drible e 4 de perna ruim, esta versão 93 deve jogar próxima ao gol e também garante um jogo aéreo poderoso. O único ponto de atenção da carta é a agilidade, que é corrigida com o entrosamento “Motorzinho”. Todas as versões do português podem ser utilizadas, basta escolher qual cabe no seu orçamento e entrosar no seu time.

Joshua Kimmich foi uma ótima opção de primeiro volante na última edição do FIFA, mas neste ano ficou um pouco atrás da meta – por ter velocidade muito abaixo do necessário para a função. Nesta seu terceiro in form, o alemão atinge o overall 92 e também gera a melhoria da carta Headliners. Caso queira testá-lo em times mais básicos ou de objetivo, o melhor entrosamento é o “Sombra”.

(INA FASSBENDER/AFP via Getty Images/One Football)

Especulados em outros times, Erling Haaland anotou dois gols e foi o destaque na goleada do Dortmund sobre o Wolfsburg. Apesar de já ter outras versões especiais melhores, esta é a primeira aparição de Haaland na Seleção da Semana, com overall 89. Ele é um jogador que foge da meta do jogo, por ser muito alto e pesado, com drible limitado e não tendo ambidestria – essencial para os melhores centroavantes. Por todos estes quesitos, Haaland é uma carta apenas para objetivos ou times muito iniciais. O melhor entrosamento é o “Motorzinho”.

Agora na Premier League, Bruno Guimarães anotou dois gols para garantir a vitória do Newcastle sobre o Leicester – sendo que o segundo foi aos 95 minutos – e garantiu sua primeira carta in form. Nesta versão 82, o brasileiro é uma carta bem inicial, mas que vale o destaque pela atuação e pela presença brasileira. Caso queira testar, em times básicos ou de objetivos, o melhor entrosamento é o “Sombra” e o posicionamento é obrigatoriamente de primeiro volante. 

Ídolo Capitão disponível por DME: Eric Cantona

Capitão e eterno camisa 7 do Manchester United, Eric Cantona é mais um jogador Ídolo que chega por Desafio de Montagem de Elenco durante a campanha. O francês é um dos jogadores ofensivos mais interessantes do Ultimate, tendo 5 de dribles e 4 de uso da perna ruim. Nesta versão Prime Moments, ele atinge o overall 94 e pode ser utilizado em todas as posições do ataque.

Cantona rende mais próximo ao gol, podendo utilizar a estatura e os bons números de proteção para gerar finalizações. Em termos de finalização e passe, seus números não deixam nada a desejar. Com o entrosamento “Motorzinho”, ele compensa o corpanzil por agilidade aumentada e torna-se um jogador meta. Caso tenha forragens e precise de um atacante ou armador, conte com Cantona.

Jogador Disponível no Lounge Prata: Gary Medel

Gary Medel, do Bologna, chega em carta remodelada de Capitão do FUT no Lounge Prata. Por mais que mantenha o mesmo 74 de overall da carta prata rara, nesta versão ele recebe uma melhoria sonora, com por exemplo 19 pontos a mais de velocidade, 12 de passe e 10 de defesa. Não é um jogador que salta aos olhos para times mais avançados, mas que pode ser útil para times de prata e principalmente iniciais da Serie A. Com boa mobilidade e físico avantajado para o momento defensivo, Medel é um primeiro volante que garante boa cobertura à linha de defesa. O melhor entrosamento para a carta é o “Sombra”.

Mostrar mais

João Belline

Jornalista de formação, louco dos esportes por opção. Depois de muito escalar Cartola, jogar Winning Eleven, escrever escalação dos sonhos no caderno e topar o dedão na rua, falar sobre futebol virou uma necessidade. É mais um leitor que buscou espaço no time da Trivela e entende que futebol está acima do clube.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo