Futebol feminino

Marta anuncia data de aposentadoria da Seleção Brasileira: relembre feitos da Rainha

Aos 38 anos, Marta revelou que pretende se aposentar da Seleção Brasileira, onde fez história no futebol feminino

A realeza está próxima do fim. Em entrevista à CNN, Marta anunciou a data de sua aposentadoria da Seleção Brasileira, onde fez história e cunhou o apelido de Rainha de Futebol. Aos 38 anos, a atacante do Orlando Pride revelou que esse é seu último ano vestindo a Amarelinha, já que pretende “passar o bastão” para outras jogadoras a partir de 2025.

Com isso, Marta confessou que pretende usar os Jogos Olímpicos de Paris como sua despedida do Brasil feminino. Vale lembrar que a estreia do torneio está marcado para o dia 25 de julho, enquanto a final será no dia 10 de agosto. Arthur Elias pode convocar 18 atletas para as Olimpíadas sem restrição de idade. Ou seja, a decisão de levar ou não a Rainha para a França depende exclusivamente do treinador:

– Se eu for para a Olimpíada, vou curtir cada momento, porque, independentemente de ir para Olimpíada ou não, este é meu último ano com a seleção. Não tem mais Marta a partir de 2025 na seleção como atleta, não tem, revelou Marta

A Seleção Brasileira está no Grupo C dos Jogos Olímpicos ao lado da Espanha (atual campeã mundial), do Japão e da Nigéria, que será a primeira adversária de Arthur Elias e companhia. Caso Marta seja chamada para o torneio na França, será a oportunidade dela encerrar sua história vitoriosa com uma medalha de ouro inédita, já que as Guerreiras do Brasil ficaram com a prata em 2004 e em 2008.

Marta e Seleção Brasileira, um casamento de sucesso

Marta começou a trilhar seu caminho na Seleção Brasileira no início do século e, em duas décadas, proporcionou um casamento de sucesso. Ao todo, a Rainha tem 196 jogos e 123 gols com a Amarelinha, se tornando a maior artilheira da história do país. Ela também é dona de várias marcas individuais, o que ajudou o coletivo a ter campanhas de sucesso.

Entre os títulos com o Brasil, Marta é tricampeã da Copa América (2003, 2010 e 2018), e bicampeã dos Jogos Pan-Americanos (2003 e 2007). A Rainha do Futebol também é a maior artilheira em Copas do Mundo (masculina e feminina) com 17 bolas na rede em seis edições. A melhor participação foi o vice para a Alemanha, em 2007. Não à toa, ela viveu um período de soberania no esporte.

Entre 2006 e 2010, ganhou o prêmio de melhor jogadora de futebol do mundo de maneira consecutiva. Em 2018, levantou seu sexto e último troféu individual. Mais do que isso, Marta foi um marco para o esporte feminino, esbanjando todo seu talento dentro de campo, além de defender e exigir investimentos para a categoria continuar evoluindo.

Marta em números

  • 6 participações em Copas do Mundo
  • 17 gols em Mundiais (maior artilheira entre homens e mulheres no torneio)
  • 6 vezes a melhor jogadora do mundo (2006, 2007, 2008, 2009, 2010 e 2018)
  • 123 gols em 196 jogos pela Seleção Brasileira
  • Vice-campeã do Mundo (2007)
  • Medalha de prata nas Olimpíadas (2004 e 2008)
  • Tricampeã da Copa América (2003, 2010 e 2018)
  • Bicampeã dos Jogos Pan-Americanos (2003 e 2007)

E por que se aposentar do Brasil em 2025?

Na mesma entrevista à CNN, Marta explicou os motivos que a levaram optar por pendurar as chuteiras do Brasil em 2025. A Rainha do Futebol rasgou elogios às novas joias que estão surgindo e podem fazer a diferença sob o comando de Arthur Elias. Ela acredita que essas jogadoras podem ter muito sucesso com a Amarelinha e manterão o legado vivo:

– Este é o meu último ano, e eu já posso confirmar aqui. Tem um momento em que a gente tem que entender que chegou a hora. Eu estou muito tranquila com relação a isso, porque eu vejo com muito otimismo esse desenvolvimento que a gente está tendo com relação às atletas jovens. A gente tem uma equipe muito qualificada, com meninas muito talentosas e que, no decorrer dos anos, vocês vão ver que realmente é o que eu estou falando, é um terreno muito fértil. Por esse motivo, eu me sinto muito confortável em dizer: ‘Olha, estou passando para vocês, vou passar o bastão, e vocês continuem a levar esse legado’, finalizou Marta.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo