Eurocopa 2024

Relação conflituosa pode tirar Morata da Seleção Espanhola e do Atlético de Madrid

Criticado por torcedores, camisa sete pode fechar dois ciclos ao final da Euro 2024

A Espanha superou os alemães e está na semifinal da Euro 2024, mas os problemas extracampo podem fazer com que Álvaro Morata deixe La Roja em breve.

Atual capitão do time comandado por Luis de la Fuente, o atacante do Atlético de Madrid é um dos nomes mais criticados pelos torcedores.

Em uma relação de conflito com os espanhóis, Morata deu uma entrevista polêmica e sinalizou que pretende analisar com calma quais serão os próximos passos da sua carreira.

Morata pode deixar o Atlético de Madrid e a Seleção Espanhola

Após sinalizar que gostaria de ficar no Atlético de Madrid para a próxima temporada, Álvaro Morata pode protagonizar uma daquelas reviravoltas inesperadas no mercado da bola.

Em entrevista recente ao El Mundo, da Espanha, o atacante de 31 anos revelou que pretende deixar a Espanha e a seleção ao final desta Euro 2024. O motivo? As críticas.

Álvaro Morata
Morata é capitão e líder da Espanha nesta Euro 2024. Foto: Icon Sport

No jogo contra a Alemanha, pelas quartas da Euro, Morata recebeu um cartão amarelo. Durante a transmissão, as câmeras flagraram o camisa 7 chorando, mas, segundo ele, o motivo não era a advertência do juiz:

“Muitas vezes é difícil estar na Espanha, porque há sempre alguém que diz alguma coisa. Criticaram-me por chorar por causa de um cartão amarelo, quando o motivo era de ter avançado às semifinais com a minha seleção. Cortaria uma mão para ganhar a Euro, mas sempre me criticam.”

Questionado sobre a sua felicidade fora da Espaha, Morata revelou que, fora do seu país natal, as pessoas têm mais respeito pelo seu futebol: “Sim, sem dúvida [sou mais feliz]. Sobretudo porque as pessoas me respeitam.“.

Atlético anunciou a permanência de Morata, mas desabafo pode mudar tudo

Na última terça-feira (02), o Atlético de Madrid anunciou que Álvaro Morata continua para a próxima temporada. Após receber ofertas do futebol saudita, o camisa sete havia decidido ficar na capital espanhola.

Com contrato até junho de 2027, o jogador fez um bom final de temporada e ganhou a confiança do técnico Diego Simeone. Agora, porém, o seu futuro parece (novamente) incerto.

Quem quiser tirar o jogador da capital espanhola precisará pagar a multa rescisória do atacante de 31 anos, que gira em torno de 13 milhões de euros (R$ 78 milhões).

Foto de Lucas Gervazio

Lucas Gervazio

Jornalista pela Unesp. Antes da Trivela, também contribuiu para portais como Guia do Boleiro, Quinto Quarto e FNV Sports.
Botão Voltar ao topo