Eurocopa 2024

Estatística trágica, recordes e até choro: a turbulenta Euro de Cristiano Ronaldo até aqui

Craque português atingiu marcas importantes, mas desempenho no torneio é decepcionante até aqui

Não é a Eurocopa dos sonhos de Cristiano Ronaldo. Muito pelo contrário. Apesar da seleção portuguesa ter garantido vaga nas quartas de final, a edição 2024 do torneio tem sido turbulenta para o camisa 7. E uma estatística em especial ilustra isso.

Cristiano Ronaldo é o jogador que mais desperdiçou oportunidades de gol até então na Eurocopa 2024. 

Em quatro jogos disputados, o atacante de 39 anos finalizou 20 vezes e ainda não marcou um gol sequer. A única vez que balançou as redes foi na disputa de pênaltis contra a Eslovênia, nas oitavas de final — o que não entra na estatística.

Segundo a Opta Sports, empresa especializada em armazenamento e análise de dados esportivos, Cristiano Ronaldo já deveria ter feito pelo menos dois gols na Euro — levando em conta a estatística de gols esperados (xG).

O craque português tem o pior desempenho dentre todos os jogadores da competição em tal quesito, com um xG de -2,75.

Cristiano Ronaldo desolado em Portugal x Eslovênia
Cristiano Ronaldo desolado em Portugal x Eslovênia (Foto: Icon Sport)

O choro contra a Eslovênia

Cristiano Ronaldo protagonizou uma das cenas mais impactantes da Euro 2024. O atacante chorou muito após perder pênalti que poderia colocar Portugal à frente da Eslovênia, no primeiro tempo da prorrogação, em jogo válido pelas oitavas de final.

CR7 cobrou forte e à meia altura no canto esquerdo. Oblak, o ótimo goleiro esloveno, acertou o lado e frustrou o astro português. Vale destacar que na temporada pelo Al-Nassr e seleção portuguesa, o veterano havia acertado todas as 13 penalidades que cobrou antes das oitavas da Euro.

Na saída de campo para o intervalo da prorrogação, Cristiano não segurou a emoção e foi às lágrimas. Companheiros de equipe tentaram confortar e motivar o ídolo. Afinal, ainda restavam 15 minutos de jogo — referentes ao segundo tempo da prorrogação.

Em entrevista ao canal português Sport TV depois das oitavas, o atacante falou sobre a montanha-russa de emoções que viveu na partida contra os eslovenos, mas citou o alívio com a classificação lusitana.

— Uma tristeza inicial e uma alegria no final. É o que o futebol dá. Momentos inexplicáveis, oito e oitenta, foi o que aconteceu hoje. Tive a oportunidade de dar vantagem à seleção, não consegui, tenho de rever, não sei se chutei bem ou mal. Durante o ano não errei uma vez e, na hora que mais precisavam, o Oblak defendeu. Sentimento de alegria e tristeza, mas o importante é desfrutar da classificação. Portugal merecia, porque tivemos mais oportunidades e a Eslovênia se defendeu o jogo todo — disse CR7.

Companheiros de seleção portuguesa confortam Cristiano Ronaldo após pênalti perdido pelo craque
Companheiros de seleção portuguesa confortam Cristiano Ronaldo após pênalti perdido pelo craque (Foto: Icon Sport)

Questionado sobre o motivo do intenso choro, Cristiano Ronaldo usou a paixão pelo futebol e a admiração dos fãs para justificar a cena. O craque também deixou claro que está será sua última Eurocopa.

— É sem dúvida a minha última Euro. Mas não fico emocionado por isso, fico emocionado por tudo o que implica o futebol. Pelo entusiasmo que tenho pelo jogo, pelo entusiasmo de ver os meus apoiadores, a minha família, o carinho que as pessoas têm por mim. Não é por deixar o futebol, porque se deixar, o que falta eu fazer mais ou ganhar mais? Não se vai resumir a mais um ponto ou menos um ponto. Alegrar as pessoas é o que mais me motiva.

Recordes quebrados por Cristiano Ronaldo na Euro 2024

Se por um lado o gol de Cristiano Ronaldo na Euro 2024 não sai, em contrapartida, o ídolo português quebrou recordes importantes na atual edição do torneio.

Ao entrar em campo contra a República Tcheca, na estreia de Portugal, CR7 se tornou o primeiro jogador da história a disputar seis edições de Eurocopa.

No jogo seguinte da seleção portuguesa, diante da Turquia, o veterano deu o passe para Bruno Fernandes anotar o segundo gol lusitano na vitória por 3 a 0. Com isso, ele chegou a oito assistências na história da Eurocopa, igualando o tcheco Karel Poborsky como recordista do quesito.

Todos os recordes de Cristiano Ronaldo na Eurocopa 

  • Mais edições: 6
  • Mais jogos: 29
  • Mais vitórias: 14
  • Mais gols: 14
  • Mais assistências: 8

*Se balançar as redes nesta Euro, o ‘Robozão’ se tornará o jogador mais velho a marcar um gol na história da competição, superando Luka Modric.

Com Cristiano Ronaldo à disposição do técnico Roberto Martínez, Portugal enfrenta a França nesta sexta-feira (5), a partir das 16h (horário de Brasília), no Volksparkstadion (Hamburgo), em duelo que vale vaga nas semifinais da Euro.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Jornalista pela UNESA, nascido e criado no Rio de Janeiro. Cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na Trivela, é redator e escreve sobre futebol brasileiro e internacional.
Botão Voltar ao topo