Champions League

Thiago Silva: “Não é uma vingança contra o PSG. Estou feliz de estar aqui com o Chelsea”

Aos 36 anos, Thiago Silva comemora boa fase e classificação do Chelsea à final da Champions, depois do PSG decidir não renovar seu contrato

Thiago Silva vive a sua primeira temporada pelo Chelsea, e já tem duas finais pela frente. Jogará a final da Copa da Inglaterra e também do principal torneio do continente, a Champions League. Ele foi titular na vitória dos Blues sobre o Real Madrid por 2 a 0, pela semifinal, que garantiu um lugar na decisão, em Istambul. Seu ex-time, o PSG, acabou eliminado pelo Manchester City na outra semifinal. Ele e Thomas Tuchel estiveram juntos no clube de Paris na temporada passada, quando chegaram à final e perderam do Bayern de Munique.

“Foi um jogo muito difícil, nós sofremos, mas controlamos bem o segundo tempo. Tudo que nós dissemos um ao outro nós tivemos sucesso. Parabéns a todo mundo por este grande desempenho. Tuchel nos trouxe muitas coisas: jogar bem no campo, permanecer calmos. Os jogadores entenderam bem. Para jogar bem o futebol, você tem que apreciar. Eles [os jogadores] são muito jovens. Às vezes cometem erros, nós perdemos muitos gols, mas eu estou muito feliz com o meu time. Temos que descansar bem para a final”, afirmou o zagueiro brasileiro.

O zagueiro, de 36 anos, comentou ainda a contratação de Thomas Tuchel, com quem trabalhou no PSG. “É especial para nós. Infelizmente, o PSG não conseguiu se classificar, foi realmente triste para mim. A chegada de Thomas Tuchel mudou bastante coisa, nós merecemos isso. Aqui é diferente porque nós jogamos uma partida de Champions League toda semana e, no fim, você está melhor preparado”, avaliou Thiago, comparando o nível da Ligue 1 com o da Premier League”.

Thiago Silva ficou sem contrato depois do fim da temporada passada. Até estendeu o vínculo por mais alguns meses (acabava em junho, assinou até agosto, por causa da pandemia e da fase final em Lisboa) para terminar a campanha com o clube de Paris. Após a derrota na final para o Bayern de Munique, o brasileiro ficou sem clube.

O Chelsea surgiu com uma proposta para atuar na liga mais badalada do mundo. Thiago Silva já tinha jogado na Itália, onde defendeu o Milan, e estava desde 2012 no PSG. Contratado para compor um sistema defensivo com jogadores que ainda não tinham conseguido se firmar, o brasileiro vem se destacando pela alta qualidade das suas atuações. Seu contrato vai até o fm da temporada, mas o clube tem uma cláusula de opção de renovação. Já Thomas Tuchel foi demitido pelo PSG em dezembro. Não ficou muito tempo sem trabalhar, já que no final de janeiro já foi anunciado pelo Chelsea.

Apesar das saídas não terem sido o que nenhum dos dois esperava, Thiago Silva não considera que chegar à final da Champions League pelo novo clube é uma resposta ao PSG. “Isso não é uma revanche contra o PSG. Eles decidiram assim [não renovar o meu contrato], foi triste para mim, mas o mais importante é estar aqui com o Chelsea”, disse.


Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo