Champions League

Napoli pode jogar oitavas da Champions League sem técnico

Em crise, o Napoli cogita demitir Walter Mazzarri antes das oitavas da Champions League - e a diretoria já tem um substituto favorito

O Napoli pode enfrentar o Barcelona nesta quarta-feira (21), às 17h (horário de Brasília), no Estádio Diego Armando Maradona, pelo jogo de ida das oitavas de final da Champions League, sem técnico. Isso porque Walter Mazzarri está na corda bamba devido a seu trabalho (muito) abaixo do esperado nos Azzurri, ao ponto de que a diretoria cogita demiti-lo antes mesmo da decisão contra o Barça.

Segundo a imprensa italiana, a continuidade do italiano à frente do Napoli corre perigo, já que ele não conseguiu reverter o início ruim de temporada. Vale lembrar que os Azzurri começaram 2023/24 com Rudi García, mas o francês foi demitido ainda em novembro para a chegada de Mazzarri. O problema é que o atual treinador acumula um retrospecto cheio de altos e baixos.

Ao todo, o técnico italiano comandou o Napoli em 17 partidas, sendo seis vitórias, três empates e oito derrotas. A gota da água para Aurelio De Laurentiis foi o empate contra o Genoa por 1 x 1 no último sábado (17), em casa, pela 25ª rodada da Serie A. Os Azzurri estavam perdendo até o último minuto de jogo, quando Cyril Ngonge marcou o gol que evitou uma tragédia ainda maior.

Apesar disso, o dono do Napoli pensa em se desfazer de Walter Mazzarri antes mesma das oitavas da Liga dos Campeões por conta dos fracassos recentes. Entre as derrotas dos Azzurri, estão a eliminação humilhante para o Frosinone por 4 x 0, nas oitavas de final da Copa da Itália, o vice na Supercopa da Itália, além dos tropeços no Campeonato Italiano diante da Internazionale, Juventus, Roma e Milan.

Napoli já tem um substituto favorito para Walter Mazzarri

Com os números ruins sob o comando do italiano, o Napoli ocupa apenas a 9ª posição da Serie A com 36 pontos, cinco atrás da zona de classificação para competições europeias e nove de distância para o G-4, que garante vaga na Champions. Esse cenário exemplifica o descontentamento dos dirigentes dos Azzurri, que são os atuais campeões italianos.

Aliás, o Napoli ainda não conseguiu suprir a saída de Luciano Spalletti, que se despediu do cargo de treinador ao final da última temporada histórica, que terminou na conquista do terceiro scudetto. Atualmente, ele comanda a seleção italiana. Sem sucesso com García e Mazzarri, os Azzurri já tem um substituto favorito no mercado, e ele tem uma ligação com o ex-técnico.

Trata-se de Francesco Calzona, que está à frente da Eslováquia desde 2022. O treinador conseguiu recentemente classificar o país para a Eurocopa, que será disputada na Alemanha entre junho e julho deste ano. Além disso, o italiano integrou as comissões técnicas de Maurizio Sarri e Spaletti em suas respectivas passagens pelo Napoli. Ou seja, ele já conhece o ambiente dos Azzurri, o que faciliaria uma rápida adaptação com a temporada em curso.

Ainda de acordo com a mídia italiana, De Laurentiis chegou a entrar em contato com a Federação Eslovaca de Futebol para tentar convencer que Calzona aceitasse conciliar dois empregos ao mesmo até em 2023/24. Ou seja, o treinador não teria que deixar a seleção antes do principal torneio europeu para dirigir o Napoli. O italiano pode suceder Walter Mazzarri nos Azzurri antes da bola rolar contra o Barcelona na Liga dos Campeões.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo