La Liga

Sem custos, Alaba chega como imponente reforço a um Real Madrid que precisa de novas faces

Aos 28 anos, o defensor tinha ficado sem contrato com o Bayern e assinou com o Real Madrid

O Real Madrid ganha uma nova peça para melhorar suas perspectivas para a próxima temporada: David Alaba assinou com os merengues. O acerto tinha sido apalavrado há algum tempo, diante do fim do contrato do austríaco com o Bayern de Munique. Depois de uma carreira vitoriosíssima na Baviera, o defensor ficaria livre para acertar com outro clube e vários gigantes europeus se mostraram interessados. No fim das contas, os madridistas levaram a melhor. Adicionam um jogador experiente, versátil e com lenha para queimar no mais alto nível. O principal: com uma transferência sem custos, além de salários e luvas.

Aos 28 anos, Alaba fecha um contrato longo com o Real Madrid, com duração de cinco temporadas. Na imprensa espanhola, a transferência era dada como certa desde janeiro. Ainda assim, o exame médico e os trâmites finais só ocorreram ao final da temporada com o Bayern de Munique. No último sábado, ao lado de Jérôme Boateng e Javi Martínez, o austríaco recebeu uma bela despedida na Allianz Arena. E a oficialização da mudança para a Espanha veio nesta sexta. A apresentação, de qualquer forma, ocorrerá depois da Eurocopa.

O fato de não renovar com o Bayern permitiu que Alaba barganhasse seu salário. Clubes como o Barcelona, o Paris Saint-Germain e o Manchester City estiveram especulados entre os seus possíveis destinos. No fim, o Real Madrid deu um passo à frente e pagará €11 milhões anuais de salário para o defensor, segundo o jornal Marca. Considerando as condições do negócio, mesmo que a folha de pagamentos engorde, parece um bom acordo aos merengues. Vale lembrar que o clube vinha de uma temporada sem trazer ninguém.

Depois da saída de Zinédine Zidane, o Real Madrid ainda precisa definir seu treinador. O novo comandante, de qualquer maneira, poderá aproveitar a versatilidade de Alaba. O ápice da carreira do austríaco aconteceu na lateral esquerda e foi assim que envergou a camisa do Bayern na maior parte das vezes. No entanto, durante a recente tríplice coroa, o jogador acabou deslocado para a zaga e foi excelente no papel. Também pode entrar no meio-campo, numa função que desempenha na seleção nacional. Nos últimos meses, inclusive, ele manifestou o desejo de aparecer mais na meia-cancha – o que aconteceu no próprio Bayern, em decorrência dos desfalques. O certo é que aporta qualidade técnica, resistência física e consistência para os merengues – algo necessário, considerando as oscilações recentes do time. Vem para garantir estabilidade no Santiago Bernabéu.

O passado vitorioso de Alaba fala por si. Alçado ainda jovem para a equipe principal do Bayern, por Louis van Gaal, o defensor participou de todo o ciclo dominante na Bundesliga. São dez títulos da liga, bem como seis da Copa da Alemanha. Também possui duas Champions League e por sete vezes foi escolhido o Jogador Austríaco do Ano. Tarimba sobra ao novo reforço. Além disso, é um jogador que prima pela regularidade e que não sofreu tantas lesões ao longo da carreira. Não à toa, foram 431 jogos pela equipe principal do Bayern. Permaneceu como titular durante dez temporadas consecutivas, ausente apenas em 2010/11, quando foi emprestado ao Hoffenheim. Voltou para ser um dos esteios no timaço de Jupp Heynckes e, depois disso, permaneceu prestigiado com os diferentes treinadores que trabalharam na Baviera.

O Bayern até demonstrava interesse em renovar com Alaba e as negociações se arrastaram durante alguns meses. Durante o início da temporada, porém, o clube entregou os pontos diante da vontade do jogador. Não era apenas uma questão salarial, mas suas próprias entrevistas indicavam um desejo de sair da zona de conforto e testar seu futebol num novo ambiente. Alaba despontou ainda adolescente no Bayern, aprendeu desde cedo o que era colecionar taças e virou uma liderança nos últimos anos, diante da transição nos alvirrubros. Mais do que isso, sempre teve uma personalidade centrada, a ponto de trabalhar com a formação de jovens nas categorias de base. Agora, poderá experimentar uma realidade distinta no Real Madrid e provar sua qualidade como um dos melhores defensores dos últimos dez anos.

Se a transferência de Alaba não é um negócio necessariamente tão midiático, a carreira do defensor torna a contratação uma das melhores possíveis em tempos de cintos apertados por causa da pandemia. Além disso, é uma nova face que chega em pé de igualdade com os medalhões que envelhecem no elenco. Em tempos nos quais o ciclo de jogadores lendários pode ser encerrado em breve, como Marcelo e Sergio Ramos, é importante buscar novas lideranças. Mesmo Raphaël Varane pode não ficar, o que abre mais espaço ao austríaco. Além do mais, Alaba chega numa boa idade para continuar rendendo em alto nível – enquanto o prazo de validade de muitos veteranos do plantel se torna menor. Num período de transição, o defensor pode ser fundamental ao lado de Casemiro, Karim Benzema, Thibaut Courtois e do velho conhecido Toni Kroos.

Resta saber o que mais o Real Madrid fará durante os próximos meses. Está claro como a contratação de Alaba, por si, não basta para as ambições voltarem a crescer. O elenco tem outras carências e o time vê um abismo geracional entre promessas e medalhões – algo que o austríaco ajuda a preencher. De qualquer maneira, falta uma mente para direcionar esses esforços. Com o adeus de Zidane, a prioridade agora está na escolha de um novo técnico. Massimiliano Allegri, que talvez fosse a melhor alternativa disponível, já não está mais no mercado.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo