La Liga

Volta dos que mal foram? Real Madrid estaria interessado em Varane após lesão de Alaba

Com David Alaba e Éder Militão fora do restante da temporada, Real Madrid muda de ideia e pode ir ao mercado para recontratar Raphaël Varane

O Real Madrid mudou de ideia e deve se movimentar na janela de transferências de janeiro. Inicialmente, o clube não pensava em contratações, mas as graves lesões sofridas por Éder Militão e David Alaba fizeram com que os merengues adotassem uma nova estratégia. E o reforço para a defesa pode ser um velho conhecido: Raphaël Varane, atualmente no Manchester United.

Segundo o jornalista Christian Falk, diretor de futebol do jornal tabloide alemão Bild, o Real Madrid estaria interessado no zagueiro francês. O jogador de 30 anos atuou pelos rojiblancos por dez temporadas até ser vendido ao United por £32 milhões (€39 milhões, na cotação da época) em julho de 2021. Na Inglaterra, ele teve bons momentos e conquistou a Copa da Liga Inglesa 2022/23, mas foi constantemente prejudicado por lesões e perdeu espaço na atual temporada, ficando atrás de Harry Maguire, Victor Lindelöf e Jonny Evans na disputa por posição.

Atualmente, o Real Madrid conta somente com Antonio Rüdiger e Nacho Fernández como zagueiros de ofício. Éder Militão rompeu o ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho esquerdo em agosto e, na melhor das hipóteses, estará novamente à disposição em março. A tendência, no entanto, é que ele esteja 100% recuperado em maio. Já Alaba sofreu exatamente a mesma lesão no domingo (17), durante a goleada sobre o Villarreal, e só voltará na próxima temporada.

O volante Aurélien Tchouaméni chegou a ser improvisado na posição, mas o francês não se sente confortável como zagueiro. Com a Supercopa da Espanha, o segundo turno de La Liga e os mata-matas da Copa do Rei e Champions League a caminho, Varane pode ser a opção perfeita para o clube merengue. Mesmo estando longe de sua melhor fase, o campeão mundial pela França em 2018 atende aos principais requisitos rojiblancos, já que precisaria de pouca (ou nenhuma) adaptação, tem experiência de sobra em grandes competições e é uma opção mais confiável que apostar em jovens da base para o momento mais decisivo da temporada.

Contrato de Varane com o United é menor que o esperado, e isso pode ajudar o Real Madrid

Além de todos os argumentos anteriores, outro fato que pode colaborar no retorno de Raphaël Varane ao Real Madrid é seu contrato com o Manchester United. Por mais que os Red Devils tenham informado que o acordo firmado em sua contratação ia até o fim de junho de 2025, o The Athletic informou recentemente que o vínculo acaba ao fim desta temporada e tem possibilidade de um ano adicional.

Normalmente, a cláusula de renovação é acionada caso metas pré-estabelecidas sejam alcançadas, mas não se sabe se este é o caso do contrato do francês ou se cabe exclusivamente ao United decidir se o acordo será ou não estendido. Como o vínculo atual se encerra na metade do ano que vem, Raphaël Varane poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe estrangeira a partir de 1º de janeiro.

Para não perder o jogador de graça, o United pode costurar um negócio com o Real Madrid que seja benéfico para as duas partes. De um lado, o time inglês não correria o risco de ver o jogador pelo qual desembolsou £32 milhões deixar Old Trafford sem custos após três temporadas e deixaria de arcar com os salários anuais de £13 milhões (aproximadamente €15 milhões na cotação atual), por mais que não recuperasse o alto valor investido.

Já a equipe espanhola fugiria do perfil habitual de contratações trazendo alguém que completará 31 anos em abril e não está em alta, mas adquiriria um defensor consagrado por um preço mais baixo que o normal. A transferência ainda pode ser bem-vista pelo próprio jogador, que retornaria ao clube em que foi multicampeão e ainda teria a garantia de mais minutos em campo — ao menos em um primeiro momento.

Pelo Real Madrid, Varane disputou 360 partidas e conquistou 18 títulos, incluindo quatro Champions League, quatro Mundiais de Clubes e três La Ligas. Com o Manchester United, foram 77 jogos até aqui. Na atual temporada, o camisa 19 soma 14 participações, sendo nove delas como titular. Além de ter perdido quatro compromissos entre agosto e setembro por uma lesão, o francês começou entre os reservas em nove dos últimos dez jogos em que foi relacionado, permanecendo no banco em cinco deles.

Foto de Felipe Novis

Felipe Novis

Felipe Novis nasceu em São Paulo (SP) e cursa jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Antes de escrever para a Trivela, passou pela Gazeta Esportiva.
Botão Voltar ao topo