Espanha

Barcelona chega a acordo com Leeds por Raphinha, que custará € 58 milhões

Contando com a preferência do jogador, Barcelona vence a concorrência com o Chelsea para levar o jogador da seleção brasileira para o Camp Nou

Raphinha vai mesmo jogar no Barcelona. A disputa entre Barcelona e Chelsea foi vencida pelo clube catalão, que contava com a preferência do jogador. O Leeds inicialmente preferia a proposta do Chelsea, financeiramente mais vantajosa, mas o Barça chegou a um valor que foi considerado aceitável. Os blaugranas pagarão € 58 milhões inicialmente (£49 milhões), com outros € 7 milhões (£ 6 milhões) em variáveis de desempenho. O jogador assinará contrato até 2027.

Tanto Leeds quanto Barcelona confirmaram o acordo. O treinador do Leeds, o americano Jesse Marsch, admitiu que não era possível manter o jogador, que sonhava em jogar pelo Barcelona. Durante a pré-temporada do clube na Austrália, o treinador foi só elogios ao brasileiro.

“Por mais que seja difícil perder Raphinha, eu direi isso. Se você pensa em um jovem rapaz que basicamente estava garantido ir para o Barcelona por um valor reduzido se fôssemos rebaixados, e você olha o desempenho que ele teve para garantir que o clube não caísse, é difícil para qualquer jogador de 25 anos fazer isso”, afirmou Marsch. “Estou esperançoso que esse negócio saia porque eu sei que é o sonho dele jogar no Barcelona”.

Raphinha não viajou com o Leeds para a pré-temporada e já se sabia que a sua permanência era pouco provável. O Chelsea foi o clube que pareceu chegar mais perto de levar o jogador inicialmente, mas o Barcelona, em contato frequente com o jogador, conseguiu passar à frente.

O Leeds estava preparado para a saída de Raphinha, tanto que contratou diversos jogadores, entre eles o colombiano Luis Sinisterra, que chega do PSV com características que podem ajudar o Leeds a ter um jogador da posição que possa fazer algumas funções similares. Jogador de lado de campo, de bom drible e que consegue marcar gols, o colombiano tem tudo para assumir o posto do brasileiro.

O anúncio feito pelo Barcelona é que o jogador precisa passar pelos exames médicos antes de assinar o contrato, o que neste momento é apenas uma formalidade. O jogador vai atuar pelo Barcelona na próxima temporada e deve se tornar um jogador fundamental no time blaugrana.

Início em Portugal, sucesso na França e jogador-chave de Bielsa

Aos 25 anos, Raphinha viveu uma ascensão incrível nos últimos dois anos. Nascido em Porto Alegre em 1996, o jogador começou na base do Avaí, mas antes mesmo de jogar pelo time de cima foi para o Vitória de Guimarães. Foi lá que despontou inicialmente para o futebol.

Depois de inicialmente fazer uma boa temporada em 2016/17, foi em 2017/18 que o brasileiro explodiu. Foram 43 jogos pelo Vitória de Guimarães, com 18 gols marcados e seis assistências. As atuações pelo clube renderam a ele uma visibilidade importante no futebol português e o Sporting decidiu contratá-lo em 2018.

Foi apenas uma temporada com a camisa dos Leões, mas suficiente para mostrar que o seu talento não era só potencial. Naquele ano, Raphinha assumiu a ponta direita do clube e fez grandes atuações. O número de gols foi menor, sete em 36 jogos, com cinco assistências, mas o nível de atuações o colocou em uma vitrine ainda maior. Ele já tinha provado o seu valor.

Em 2019, foi contratado pelo Rennes por € 21 milhões e foi jogar na Ligue 1. Mais uma vez foi muito bem. Foram 35 jogos, com nove gols e cinco assistências. O rendimento do brasileiro chamou a atenção de uma liga que bebe muito da Ligue 1: a Premier League. O Leeds, então comandado por Marcelo Bielsa, buscou o brasileiro como reforço.

Chegou em 2020 ao futebol inglês, ainda desconhecido, mas rapidamente mostrou serviço. O primeiro gol pelo clube, contra o Everton, já foi decisivo: em um jogo fora de casa, o seu gol deu a vitória diante do adversário. Terminou a temporada com 38 jogos em todas as competições, com oito gols marcados e 11 assistências.

Na temporada passada, 2021/22, Raphinha se tornou não só um jogador importante, mas foi o principal jogador do Leeds. Em 35 jogos, foram 11 gols, três assistências e atuações que foram cruciais para que o time não fosse rebaixado à segunda divisão. Mesmo com a queda do técnico Marcelo Bielsa, o jogador seguiu brilhando com Jesse Marsch e sendo fundamental para a conquista de pontos importantes ao longo das rodadas. Incluindo na última, com um gol que é essencial para a permanência do clube na Premier League.

Titular da seleção brasileira com Tite, Raphinha tem tudo para brilhar também na Copa do Mundo. O ponta estreou sob desconfiança em outubro 2021, mas não foi preciso nem um jogo inteiro para mostrar do que era capaz. Ao entrar contra a Venezuela, foi essencial em dois gols na vitória por 3 a 1. Logo em seguida, já foi titular. São apenas nove jogos com a camisa da Seleção, mas Raphinha já parece um veterano e tem tudo para ser o titular na ponta direita na Copa do Catar. Ele é parte do processo de renovação gradual que Tite promoveu e muita gente nem percebeu. E chegará com o status de jogador do Barcelona.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo