Eliminatórias da Copa

Com volta de Dybala, estes são os convocados da Argentina para os jogos das Eliminatórias

Messi e Lautaro também estão na lista de 30 nomes convocados pelo técnico Lionel Scaloni para jogos contra Venezuela, Brasil e Bolívia

O técnico Lionel Scaloni divulgou a sua lista de convocados para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo contra Venezuela, Brasil e Bolívia no início de setembro. Entre as novidades está o retorno de Paulo Dybala, da Juventus. Foram 30 convocados, sendo que 26 estavam na conquista da Copa América no Brasil, em julho. O principal nome segue sendo Lionel Messi, o craque que é agora do PSG.

Scaloni tinha um problema no ataque. Sergio Agüero está machucado e, portanto, não poderia estar na lista. Lucas Alario, do Bayer Leverkusen, também estava com uma lesão e não poderia estar na lista. Assim, Mauro Icardi foi um nome cogitado para entrar na lista, mas também se machucou em jogo do PSG contra o Brest e ficou mais uma vez fora.

Lautaro Martínez está com um problema de lesão, mas foi incluído na lista porque as informações da comissão técnica da albiceleste é que o problema é leve e não deve tirá-lo por muito tempo de campo. Deve estar em campo pela Inter pela próxima rodada, inclusive.

Dybala não joga pela seleção argentina desde novembro de 2019. Ele esteve em campo no dia 18 de novembro daquele ano contra o Uruguai, em amistoso. Não esteve no grupo que conquistou a Copa América no Brasil, mas está com moral na Juventus desde a volta de Massimiliano Allegri ao clube. Começou inclusive como capitão do time, já que Giorgio Chiellini iniciou o duelo contra a Udinese no banco.

Só dois jogadores atuam no futebol argentino entre todos os convocados: o goleiro Franco Armani e o atacante Julian Alvarez. Entre os convocados, mudança no gol: Agustin Marchesín, goleiro de 33 anos do Porto, está com uma lesão no joelho e deixou a lista para a entrada de Jerónimo Rulli. Juan Foyth e Emiliano Bundía também estão de volta.

Lionel Messi volta à seleção depois da conquista histórica no Maracanã. Sua vida mudou muito desde aquele dia. Fiquei de férias, voltou para Barcelona para assinar a renovação de contrato, mas acabou informado que o clube não tinha condição de mantê-lo. Teve que se despedir, de forma emocionante.

Não demorou para o PSG oficializar a contratação do craque. Ainda não estreou pelo novo cube, o que pode acontecer nas próximas rodadas da Ligue 1. Ele pediu um tempo para se preparar fisicamente, depois das férias. Estará em campo pela Argentina, tendo estreado ou não. Até porque o jogo contra o Brasil promete ser bastante quente depois da final da Copa América.

Serão três jogos na data Fifa de setembro. No dia 2, joga fora de casa contra a Venezuela. No dia 5, fará o clássico contra o Brasil, em São Paulo, na Neo Química Arena. Por fim, receberá a Bolívia no Estádio Monumental de Núñez, no dia 9.

Estes são os convocados da Argentina para as Eliminatórias:

Goleiros: Franco Armani (River Plate), Emiliano Martínez (Aston Villa), Juan Musso (Atalanta) e Gerónimo Rulli (Villarreal);

Defensores: Gonzalo Montiel (Sevilla), Nahuel Molina (Udinese), Cristian Romero (Tottenham), Nicolás Otamendi (Benfica), Juan Foyth (Villarreal), Lucas Martínez Quarta (Fiorentina), Germán Pezzella (Betis), Lisandro Martínez (Ajax), Nicolás Tagliafico (Ajax) e Marcos Acuña (Sevilla);

Meio-campistas: Rodrigo De Paul (Atlético de Madrid), Leandro Paredes (PSG), Giovani Lo Celso (Tottenham), Exequiel Palacios (Bayer Leverkusen), Guido Rodríguez (Betis), Nicolás Domínguez (Bologna), Emiliano Buendía (Aston Villa) e Alejandro Gómez (Sevilla);

Atacantes: Lionel Messi (PSG), Lautaro Martínez (Internazionale), Nicolás González (Fiorentina), Ángel Correa (Atlético de Madrid), Paulo Dybala (Juventus), Ángel Di María (PSG), Julián Álvarez (River Plate) e Joaquín Correa (Lazio).

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo