ItáliaSerie A

A estreia da Juventus caminhava tranquila até Szczesny aprontar duas vezes e permitir o empate da Udinese

Após a Velha Senhora abrir 2 a 0, o goleiro polonês cometeu um pênalti e errou na saída de bola

A Juventus havia aberto 2 a 0 sem grandes dificuldades no primeiro tempo e parecia no controle da sua estreia na temporada do Campeonato Italiano, mas dois erros crassos do goleiro Wojciech Szcesny permitiu que a Udinese empatasse em 2 a 2, e o gol salvador de Cristiano Ronaldo nos minutos finais acabou anulado por um impedimento milimétrico.

Ronaldo começou a partida no banco de reservas, entre informações desencontradas sobre o autor da decisão. O jornalista Fabrizio Romani afirmou que foi pedido do próprio jogador que quer encontrar um novo clube ainda nesta janela de transferências, mas Pavel Nedved, vice-presidente do clube, confirmou que o português ficará em Turim e que a decisão foi consensual.

De qualquer maneira, Massimiliano Allegri montou a Juventus para a sua reestreia com Paulo Dybala no ataque ao lado de Álvaro Morata, à frente de um meio-campo com Cuadrado, Bentancur, Aaron Ramsey e Federico Bernardeschi. Colheu os frutos da aposta pelo argentino, a quem vinha tentando dar moral durante a pré-temporada, quase imediatamente.

Logo aos dois minutos, Dybala apareceu no meio da área para finalizar de canhota, com assistência de Bentancur, que tenta retomar seu melhor futebol com Allegri. Ignacio Pussetto assustou Szczesny duas vezes, com um chute rasteiro e uma cabeçada que passou perto do canto esquerdo do goleiro, mas Dybala descolou um lindo lançamento para Cuadrado, que driblou Nuytinck e bateu cruzado para fazer 2 a 0.

No começo do segundo tempo, porém, Tolgay Arslan tabelou, entrou na área e bateu. Sczesny deu o rebote e saiu do gol para abafar, mas acabou derrubando Arslan. Pênalti claro, que Roberto Pereyra converteu para descontar para a Udinese. Após Morata acertar a trave, a Udinese conseguiu contra pênalti, de Danilo em cima de Deulofeu, que saiu bem do banco de reservas, anulado por um impedimento.

O risco era claro, e dependia apenas da Juventus matar logo a partida. Ronaldo, a esta altura em campo no lugar de Morata, cabeceou para fora e depois ajeitou para Bentancur chapar na trave. Aos 38 minutos, porém, Szczesny, colado na linha de fundo, tentou sair jogando curto e acertou Stefano Okaka. A sobra ficou para Deulofeu empurrar ao gol vazio e empatar para a Udinese.

Nos acréscimos, a pressão da Juventus foi forte em busca da vitória. Dybala bateu colocado de fora da área para grande defesa de Marco Silvestri e, aos 50 minutos, Chiesa cruzou fechado da esquerda e Ronaldo subiu com tempo de belo perfeito para fazer 3 a 2.

O gol foi anulado por um impedimento milimétrico do português e não conseguiu evitar o primeiro tropeço da Juventus na temporada.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo