Brasil

Só o artilheiro Galoppo se salvou em uma frustrante campanha do São Paulo no Paulistão 2023

São Paulo fez boa primeira fase, mas amargou uma traumática queda para o Água Santa nas quartas de final

O São Paulo lembrará para sempre de 2023 como o ano da histórica conquista do título da Copa do Brasil. Não poderia ser diferente após tanto perseguir uma taça até então inédita para o clube. Mas a verdade é que a temporada começou bem longe de qualquer glória. O Tricolor foi eliminado de forma surpreendente (e traumática) pelo Água Santa nas quartas de final do Paulistão.

A derrota tão inesperada para uma equipe que fez uma boa primeira fase foi um duro baque que trouxe consequências. Cair tão cedo e para um rival de menor expressão foi o ponto de partida para minar o trabalho de Rogério Ceni. O Tricolor ficou quase um mês sem jogar e quando voltou, a equipe não apresentou a evolução esperada. O treinador acabou demitido, e Dorival Júnior chegou para mudar os rumos da equipe na temporada. O técnico, aliás, teve de recuperar a confiança do elenco para acreditar que poderia chegar mais longe – como chegou.

Mas, verdade seja dita: a campanha do São Paulo no estadual não foi apenas de pontos negativos. O São Paulo fez uma boa primeira fase e se classificou sem grandes apuros aos mata-matas – alguns dirão que a equipe não fez nada além da obrigação. Mas isso só aconteceu muito graças a Galoppo. O argentino iniciou o ano como artilheiro da equipe e empilhou oito gols na competição. Não à toa, ele foi o grande responsável por conduzir o Tricolor por mares tranquilos no Campeonato Paulista.

O que deu certo para o São Paulo no Paulistão:

Galoppo foi tão bem, mas tão bem, que ele é sozinho o único ponto positivo do São Paulo no Campeonato Paulista. Com os seus oito gols marcados, o argentino encerrou a competição como um dos artilheiros, ao lado de Róger Guedes, do Corinthians. Isso, que ele atuou em apenas 11 jogos do estadual.

Foi muito graças aos seus gols, que o Tricolor encerrou a primeira fase na liderança do Grupo B e com a terceira melhor campanha geral. A equipe somou um total de 23 pontos. Ficou atrás apenas do Palmeiras, com 28, e do São Bernardo, com 26. O Alviverde, aliás, foi o campeão do estadual.

O que deu errado para o São Paulo no Paulistão:

A eliminação para o Água Santa nas quartas de final foi o ponto mais baixo da temporada para o clube. Isso, porque ela não veio sozinha. Além do empate em 0 a 0 e da derrota nos pênaltis, o São Paulo ainda perdeu aquele que era o seu principal jogador da temporada na partida. Galoppo sofreu uma lesão de ligamento no joelho esquerdo justamente na partida da queda. Ele só voltará a atuar no Paulistão 2024.

O que esperar do São Paulo no Paulistão em 2024:

Como um dos quatro grandes do estado, o São Paulo entra no Paulistão para ser campeão. O último título, aliás, nem faz tanto tempo: foi em 2021. Mas o estadual também servirá para Dorival Júnior fazer ajustes na equipe de olho nas principais competições da temporada. Jogadores como Galoppo, Igor Vinicius e Calleri devem usar o Campeonato Paulista também para readquirir o melhor ritmo jogo após se recuperarem de lesões. O Tricolor está no Grupo D, ao lado de São Bernardo, Novorizontino e Botafogo-SP.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo DecontoSetorista

Jornalista pela PUCRS, é setorista de Seleção e do São Paulo na Trivela desde 2023. Antes disso, trabalhou por uma década no Grupo RBS. Foi repórter do ge.globo por seis anos e do Esporte da RBS TV, por dois. Não acredite no hype.
Botão Voltar ao topo