Brasil

Se Palacios for rápido em campo quanto é falando, o Atlético-MG terá uma arma e tanto nos jogos

Brahian Palacios foi apresentado no Atlético e chamou atenção pela velocidade nas respostas

O Atlético-MG apresentou nesta terça-feira (12) o atacante colombiano Brahian Palacios, de 21 anos, que chegou ao clube na última semana comprado do Atlético Nacional. Todo mundo já sabe que o jovem é o típico atacante de beirada de campo, com velocidade e drible como principais características, o que não sabíamos é que ele é rápido também nas respostas.

A coletiva de apresentação de Brahian Palacios durou pouco mais de 10 minutos, com ele respondendo cerca de 15 perguntas, ou seja, menos de um minuto de resposta para cada questionamento. E ele não foi rápido só na duração das respostas, mas também na fala acelerada. Se em campo ele fizer algo parecido, o Atlético, definitivamente, terá uma arma que, se bem usada, pode causar estragos nas defesas adversárias.

Nas curtas respostas que deu, Palacios afirmou estar “muito feliz e surpreso” com a recepção que teve dos jogadores e da torcida. Ele foi a Arena MRV acompanhar das arquibancadas a vitória do Galo contra o América no último sábado (9), e elogiou muito o estádio e os torcedores.

Sobre quando poderá estrear, Brahian, que vinha atuando pelo Atlético Nacional, afirmou que continua se adaptando ao ritmo de jogo do time e também ao forte calor de Belo Horizonte. Ele está à disposição de Felipão e pode ganhar chance no domingo (17), quando o Galo encara novamente o América, na partida decisiva das semifinais do Mineiro.

Por falar em adaptação, ele se junta a outros seis estrangeiros sul-americanos do elenco do Galo, e isso, sem dúvidas, vai ajudá-lo na adaptação ao clube e a cidade: “Totalmente. Eles estão comigo desde o primeiro momento que cheguei. Me ajudaram com a comunicação, a aprender algumas palavras. Creio que com eles a adaptação vai ser muito mais fácil”, afirmou.

Objetivos de Palacios no Atlético e onde prefere atuar

Brahian é o 7º colombiano da história do Atlético e tem a intenção e a missão de ser o primeiro a fazer história a ponto de ficar marcado no clube, algo que seus antecessores não conseguiram.

— Meus objetivos são claros de ganhar muitos títulos. Tem jogadores ótimos (no time), e quero entrar bem no grupo e contribuir com o meu talento. Creio que as histórias de todos são diferentes, então espero deixar aqui um bom legado e deixar a porta aberta para mais colombianos — afirmou o jogador, que sonha com a conquista da Libertadores desde criança.

O colombiano atuou, majoritariamente, na sua ainda curta carreira pela direita. É o lado, inclusive, que ele afirmou que prefere jogar. Na posição dele, hoje no Atlético, quem joga é o também jovem promissor, mas esse, prata da casa, Alisson, que vem sendo um dos principais destaques do clube na temporada. Mas Brahian deixou claro que pode atuar pela esquerda e está à disposição do que o treinador preferir.

— Prefiro jogar pela direita, mas não tenho problemas de jogar pela esquerda. É conforme a necessidade do clube e o que o treinador deseja. Alisson é um grande jogador, conversamos e nos aconselhamos mutuamente e espero fazer as coisas bem com ele — destacou o colombiano.

Além de Alisson, Gustavo Scarpa também atua mais pela direita (apesar de jogar mais centralizado no momento), além do argentino Matías Zaracho, titular absoluto do time, mas atualmente fora por lesão. A concorrência para Brahian é das mais pesadas possíveis.

Admiração por Felipão

Multicampeão por onde passou e um dos grandes treinadores do mundo desde o fim do século passado, Felipão é conhecido e respeita internacionalmente, e não é diferente na Colômbia, como destacou Brahian.

— O Felipão é muito admirado na Colômbia, e também em toda a América e no Mundo. Ele é uma lenda. É um privilégio para mim poder trabalhar com ele — disse Palacios.

Com Palacios, Felipão agora terá para o ataque: Hulk, Paulinho, Alisson, Eduardo Vargas, Alan Kardec, Cadu e Isaac. Desses, os únicos pontas de fato são o colombiano e o jovem destaque da base, hoje titular.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo