Brasil

Europa pode tirar Joaquim do Santos e propostas podem bater quase R$ 50 milhões

Joaquim aceitou reduzir os salários para permanecer no Santos, mas tem sido sondado por clubes da Europa

Em entrevista coletiva, nesta segunda-feira (8), o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, deixou claro que o elenco para a disputa do Campeonato Paulista e da Série B do Campeonato Brasileiro não está fechado. De acordo com o mandatário, surgem oportunidades a todo momento que podem mudar o planejamento. E uma dessas possibilidades envolve o zagueiro Joaquim. Segundo o apurado pela Trivela, clubes de Portugal e da Grécia têm interesse em tirar o defensor nesta janela de transferências.

Ainda conforme o apurado pela Reportagem, dois clubes estariam dispostos a pagar entre 6 e 8 milhões de euros (R$ 32 milhões e R$ 42 milhões na cotação do dia). As ofertas, no entanto, ainda não foram colocadas na mesa do mandatário alvinegro.

Baseado na lista de jogadores que fazem parte do elenco do técnico Fábio Carille, o Santos tem neste momento seis zagueiros à disposição. Além de Joaquim, o Peixe conta com o jovem Jair, Luiz Felipe, Gil, Messias e Alex, que se recupera de uma fratura no tornozelo direito sofrida há quatro meses.

Contrato com o Peixe até o fim de 2026

Comprado do Cuiabá no início do ano passado, Joaquim custou 3 milhões de euros (R$ 16,3 milhões na cotação da época) ao Santos. O zagueiro de 25 anos tem contrato com o Peixe até dezembro de 2026.

Joaquim esteve recentemente no radar do Zenit, da Rússia, mas as conversas não evoluíram.

Joaquim demonstrou confiança no retorno à Série A

Por conta da queda à Série B, Joaquim foi procurado pela diretoria do Santos e “demonstrou comprometimento com o momento do clube e confiança no projeto que prevê, principalmente, o retorno à Série do Campeonato Brasileiro.

O goleiro João Paulo, o volante Tomás Rincón, o centroavante Julio César Furch e o meio-campista Diego Pituca  também foram procurados pela cúpula alvinegra e, além de comprometimente e confiança, aceitaram diminuir os seus vencimentos. O Santos tenta fazer o mesmo com o colombiano Alfredo Morelos, que recebe mensalmente cerca de R$ 900 mil.

Santos recebeu R$ 139 milhões com oito negociações

Pensando na temporada 2024, o Santos negociou oito jogadores até o momento. Essas transferências fizeram entrar mais de R$ 139 milhões aos cofres alvinegros.

A principal venda foi a do centroavante Marcos Leonardo ao Benfica, por 18 milhões de euros (R$ 96 milhões na cotação atual), sendo que, segundo o próprio presidente, o Santos receberá 15 milhões de euros (R$ 80 milhões) em três parcelas.

A transferência de Jean Lucas para o Bahia foi sacramentada por 6 milhões de euros (R$ 32 milhões na cotação do dia) mais bônus de 1,5 mil euros (R$ 8 milhões) diante de três metas alcançadas. Cada meta tem o valor de 500 mil euros (R$ 2,6 milhões na cotação do dia).

Valores das outras negociações feitas pelo Santos

Os empréstimos de Soteldo, para o Grêmio, e Lucas Barbosa, para o Juventude, foram feitos sem contrapartida dos contratantes.

Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Bruno Lima nasceu em Santos (SP) e se formou em Jornalismo na Universidade Católica de Santos (UniSantos) em 2010. Antes de escrever para Trivela, passou por A Tribuna
Botão Voltar ao topo