Brasil

Tão inusitado quanto o anúncio da saída foi a passagem de Hugo Mallo pelo Internacional

Primeiro jogador espanhol da história colorada, lateral direito será julgado por suposto caso de abuso sexual e não terá o contrato renovado

— Hugo Mallo, por uma situação pessoal, já nos comunicou, vai sair. Tem que viajar para a Espanha por outro tema e vai sair. Não sei se vamos voltar a contar com ele. Seguramente não.

Foi assim, sem mais nem menos, no início de sua entrevista coletiva após o empate em 1 a 1 com o Criciúma, no último domingo (30), no Heriberto Hülse, pelo Campeonato Brasileiro, que o técnico Eduardo Coudet anunciou o final do ciclo de Hugo Mallo no Internacional.

Hugo Mallo será julgado por suposto caso de abuso sexual

O tema a que o treinador se referiu é o julgamento de um suposto caso de abuso sexual que o lateral direito espanhol teria cometido em 2019, quando defendia o Celta de Vigo.

No dia 29 de abril daquele, antes de partida pela 34ª rodada do Campeonato Espanhol, Mallo teria acariciado os seios da mascote do Espanyol, vestida de periquita, ao invés de simplesmente cumprimentá-la na saudação entre os jogadores.

Mallo se defendeu da acusação, em primeira instância, já em 2019. Em setembro daquele ano, o processo foi arquivado provisoriamente, mas esse auto foi revogado integralmente em maio de 2021.

Independente do resultado do julgamento do próximo dia 11, Mallo permanecerá na Espanha, e não terá renovado o contrato com o Internacional, que encerra no final deste mês de julho.

Momentos de maior destaque de Hugo Mallo pelo Internacional foram na Libertadores de 2023

Mallo chegou ao Inter em agosto de 2023 com a curiosidade de ser o primeiro espanhol da história do clube. Ele veio por indicação de Coudet, que o comandou no Celta de Vigo de 2020 a 2022.

A princípio reserva de Bustos na lateral direita, Mallo viveu seus momentos de maior destaque no Inter na Libertadores de 2023. Mesmo com apenas 1,73 m, atuou como zagueiro, e muito bem, no jogo de volta das quartas de final, contra o Bolívar, no Beira-Rio.

Em busca de maior poder de marcação no lado direito de defesa, Coudet escalou Mallo como titular na lateral nos dois jogos da semifinal, contra o Fluminense. De forma surpreendente, o espanhol marcou o primeiro dos dois gols do Inter no empate em 2 a 2, no Maracanã.

A temporada 2024 de Mallo, entretanto, era discreta. Depois da data do julgamento na Espanha vir à tona, o lateral sofreu com lesões. Ele atuou dez vezes no ano, e marcou um gol — o da vitória, por 1 a 0, sobre o Cuiabá, pelo Campeonato Brasileiro.

Hugo Mallo pelo Internacional

  • 19 jogos (14 como titular)
  • 1251 minutos
  • 2 gols marcados
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas WagnerSetorista

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo