Brasil

Paquetá, Claudinho, Marcos Antônio… Flamengo define prioridade no mercado

Departamento de futebol tem três jogadores de meio-campo na mira, enquanto observa de longe para saber se reforça outras posições

O Flamengo negocia com jogadores de meio-campo em três frentes diferentes. Marcos Antônio, Lucas Paquetá e Claudinho tiveram o nome vinculado ao clube da Gávea, que tenta a chegada dos três ainda nesta janela de transferências. O setor, sem dúvida, é prioridade para o Rubro-Negro. 

A Trivela apurou, inclusive, que o Flamengo só deve se movimentar por reforços de outras posições caso perca peças para o mercado.

Três atletas podem deixar o clube nesta janela, ou seja, o departamento de futebol observa o andamento de perto para saber se vai, ou não, ao mercado.

Três peças, três momentos

Como as negociações começaram em momentos diferentes e possuem contextos ainda mais distintos, o Flamengo tem muito a resolver. No caso de Marcos Antônio, contudo, o trabalho está mais bem encaminhado.

Tudo certo entre clube e jogador, mas o Rubro-Negro ainda precisa alinhar valores com a Lazio. O modelo de negócio é o empréstimo com obrigação de compra. 

Volante da Lazio, Marcos Antônio está próximo do Flamengo
Marcos Antônio, volante da Lazio (Foto: Icon Sport)

Ainda que tenha causado o maior burburinho, Paquetá é quem está mais distante. O West Ham descartou qualquer modelo de empréstimo, já que deseja recuperar parte do investimento que superou os R$ 300 milhões em 2022.

O Flamengo vai apresentar proposta ao clube inglês e conta com o desejo do Garoto do Ninho para manter o sonho vivo. A situação, contudo, é bem complicada.

Claudinho, outro velho conhecido da Nação, se aproximou nos últimos dias. Especulado em outras janelas, o meia quer vestir a camisa do Flamengo e já informou o desejo ao Zenit, que dificultou a negociação em momentos anteriores.

O Rubro-Negro apresentou proposta de pouco mais de R$ 88 milhões e vai sentar com os russos para conversarem. A probabilidade de acerto é boa.

Os movimentos fazem sentido diante das carências do elenco. Marcos Antônio chegaria para ser um substituto imediato de Nico De La Cruz, podendo exercer funções mais defensivas entre os volantes.

Enquanto isso, Paquetá, Claudinho ou os dois, quem sabe, funcionaram como sombras para um revezamento com Arrascaeta.

Saídas que deixariam lacunas no Flam

Se o momento é de priorizar o meio-campo, outras posições podem pedir reforços. Nesse momento, o Flamengo trabalha com duas saídas que trariam urgência de reforços na lateral direita e ataque. Trata-se de Wesley e Gabigol.

A jovem promessa recebeu proposta de R$ 70 milhões do Bournemouth e também foi sondado por outros clubes da Premier League. A Trivela antecipou o preço estipulado pelo Flamengo, que ainda não está 100% seguro da venda. Uma saída de Wesley deixaria Varela como único lateral direito do elenco.

Gabigol, por sua vez, está em vias de deixar o Flamengo desde junho. O atacante recusou proposta de renovação e está ouvindo propostas de clubes interessados, como o Palmeiras, que já apresentou um pré-contrato ao jogador.

O Rubro-Negro busca compensação financeira e, caso perca o ídolo nesta janela, precisará buscar uma nova peça de ataque.

Gabigol no banco de reservas Flamengo
Com menos de sete jogos no Brasileirão, Gabigol pode deixar o Flamengo já na próxima janela (Foto: Icon Sport)

Garoto do Ninho com futuro incerto

Curiosamente, o Flamengo também negocia a venda de jogador do meio-campo. Trata-se de Matheus Gonçalves, considerado uma joia internamente, mas que está sem espaço com Tite.

O Garoto do Ninho participou de apenas seis jogos no time profissional e, quando não é utilizado, costuma reforçar o sub-20 do Rubro-Negro.

Como tem apenas 18 anos, Matheus Gonçalves ainda é considerado um ativo importante do Flamengo, que despista propostas de vendas. Red Bull Bragantino e Santos procuraram o estafe do atleta, que nada pôde fazer.

A reportagem da Trivela ouviu do departamento de futebol que a ideia é emprestá-lo novamente, assim como na última temporada.

Essas são as movimentações do Flamengo em mercado que prometia pouco, mas entrega muito. Os próximos dias prometem ser de fortes emoções para os rubro-negros.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme XavierSetorista

Jornalista formado pela PUC-Rio. Da final da Libertadores a Série A2 do Carioca. Copa do Mundo e Olimpíada na bagagem. Passou por Coluna do Fla e Lance antes de chegar à Trivela, onde apura e escreve sobre o Flamengo desde 2023.
Botão Voltar ao topo