Brasil

Federação Paulista decide: Allianz Parque está interditado após vistoria no gramado

A Federação Paulista de Futebol confirmou a interdição do Allianz Parque por conta das más condições do gramado

O gramado sintético do Allianz Parque é alvo de reclamações há muito tempo, mas a polêmica chegou a um novo nível neste ano, quando o derretimento do composto termoplástico da grama por conta das altas temperaturas virou uma “gosma” que gruda na chuteira dos jogadores. Vendo a repercussão negativa no início do estadual, a Federação Paulista de Futebol (FPF) decidiu interditar o estádio do Palmeiras após vistoria nesta sexta-feira (2), conforme publicou o ge.

A FPF só vai liberar o uso da arena após a manutenção – e uma nova vistoria que comprove que o problema foi resolvido pela Real Arenas, que pertence a WTorre, gestora do Allianz. A ideia da empresa é trocar o termoplástico que derreteu por uma cortiça, mesmo material utilizado no estádio Nilton Santos, do Botafogo, e é bem recebido por jogadores, pelo menos em comparação aos gramados do Alviverde e a Ligga Arena do Athletico-PR.

No entanto, conforme publicou a Trivela, a direção do Palmeiras não está convencida de que apenas a implementação da cortiça resolverá o problema e deixará a grama em boas condições. Eles esperam um laudo ou explicação técnica que comprove a efetividade por parte da WTorre. A troca do material seria feita pela empresa Soccer Grass, na qual o time paulista rompeu o contrato na última segunda-feira (29) e que segue com vínculo com a gestora do estádio.

Fala-se em retorno ao Allianz a partir do dia 24 de fevereiro, no duelo com o Mirassol, mas não há qualquer confirmação disso. É certo que o Alviverde mandará longe de sua casa os jogos contra Ituano e Corinthians. A Arena Barueri, sob gestão da empresa Credipar da presidente Leila Pereira, é a favorita a receber partidas, porém, a direção irá definir os mandos a cada rodada.

Palmeiras prefere trocar todo gramado do Allianz Parque

A insatisfação alviverde com a troca chegou ao ápice ao término do clássico contra o Santos, quando foi flagrado um funcionário limpando a chuteira de Weverton por conta dos plásticos grudados. Após a vitória do Palmeiras, o clube publicou uma nota afirmando que só voltará a mandar os jogos no Allianz Parque quando “a Real Arenas honrar com a sua obrigação de realizar a manutenção adequada do campo”.

A Trivela apurou que o clube prefere que aconteça a troca do gramado inteiro ao invés da implementação da cortiça. Foi pauta abordada até pelo técnico Abel Ferreira, que até estipulou o prazo de 30 dias para acontecer a mudança completa. Só mudará de ideia se WTorre e Soccer Grass comprovarem que a cortiça resolverá e deixará o campo nas melhores condições – atesta pelos profissionais do próprio Palmeiras.

Vale citar que Abel reclama das condições da grama do Allianz desde o ano passado. Na ocasião, na partida contra o Fluminense, o último jogo da equipe em casa no último Campeonato Brasileiro, o treinador falou que gostaria que o gramado voltasse a ser como quando chegou.

– […] Esse gramado tem que ser trocado urgentemente. Não quero saber quem vai pagar. WTorre, Palmeiras. O gramado não está em condições! É um risco para as lesões. […] Que deixem como estava quando eu cheguei – disse o português em novembro de 2023.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Nascido e criado em São Paulo, é jornalista pela Universidade Paulista (UNIP). Já passou por Yahoo!, Premier League Brasil e The Clutch, além de assessorias de imprensa. Escreve sobre futebol nacional e internacional na Trivela desde 2023.
Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, Diego cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo