Brasil

Cruzeiro perde titular e reserva imediato também pode se tornar desfalque

Seabra já tem tido ausências constantes, especialmente na linha defensiva, nas últimas rodadas do Brasileirão

O Cruzeiro tem sofrido com desfalques recentemente e o treinador Fernando Seabra não consegue escalar sua linha de defesa titular — composta por William, Zé Ivaldo, João Marcelo e Marlon — há quatro jogos, desde quando enfrentou o Bahia e teve o camisa 3 expulso ainda no primeiro tempo.

Desde então, Seabra foi perdendo um a um, por suspensões pelo terceiro amarelo. Nomes como Palacios, Neris, Villalba e Kaiki foram escolhidos para substituir os indisponíveis. No período, a Raposa conquistou duas vitórias e saiu derrotada nos outros dois jogos.

Quando parecia que Seabra enfim conseguiria escalar seu quarteto de defesa — ainda que tivesse perdido o volante Lucas Silva, que, suspenso, não pega o Grêmio nesta quarta-feira (10) —, uma nova má notícia: Marlon se machucou na vitória sobre o Corinthians e virou desfalque.

O Cruzeiro informou que o camisa 3, que voltou ao time titular na última partida, sofreu lesão no ombro direito durante o jogo em questão.

Segundo o clube, o tratamento será conservador, ou seja, não será necessária intervenção cirúrgica. A Raposa não informou o tempo estimado de recuperação. Veja a nota celeste:

O Cruzeiro informa que o atleta Marlon foi submetido a exames que diagnosticaram lesão no ombro direito, devido a um trauma sofrido na partida diante do Corinthians.

O tratamento indicado para o caso é conservador, com início imediato no Departamento de Saúde e Performance do clube.

Kaiki também pode se tornar problema

Quando o assunto é a lateral-esquerda, o torcedor do Cruzeiro não costuma ter muitas preocupações. Além de Marlon, a Raposa conta com o promissor Kaiki para a posição.

O jogador de 21 anos chegou a ser titular em quatro partidas do Brasileirão, contra Cuiabá, Athletico-PR, Flamengo e Criciúma, e teve boas atuações.

Uma das principais revelações da base celeste, Kaiki tem passagens por Seleções Olímpica e sub-20 e é visto com muita expectativa dentro do clube.

O problema é que Kaiki está pendurado com dois cartões amarelos e, caso seja advertido nos próximos jogos da Raposa, no qual certamente começará como titular, ficará suspenso.

Sem ele, Fernando Seabra terá que improvisar na função. Os mais cotados para uma possível improvisação são o zagueiro Lucas Villalba, que se acostumou a jogar como um terceiro zagueiro pela esquerda em seus tempos de Argentinos Juniors, e Álvaro Barreal, que atuou muitas vezes como ala por aquele lado.

Apesar da possibilidade de improvisação, nenhum dos dois argentinos deve ter problemas para atuar na lateral-esquerda.

Ainda assim, o Cruzeiro poderá perder força ofensiva, já que Villalba é mais acostumado a defender e Barreal é uma importante peça ofensiva.

É possível que, caso Villalba seja escolhido, o Cruzeiro feche uma linha de três, dando mais liberdade para William atacar.

Mas são apenas prognósticos e Kaiki pode não ser advertido até o retorno de Marlon.

De desfalque certo para o momento, além dos lesionados há mais tempo, apenas Lucas Silva, que não pega o Grêmio. Ramiro é o mais cotado para assumir a titularidade. Japa, Filipe Machado e José Cifuentes correm por fora.

Dinenno se aproxima de retorno

Um dos principais jogadores do elenco do Cruzeiro, o centroavante argentino Juan Dinenno, de 29 anos, está próximo de retornar aos gramados.

De fora há três meses por uma série de lesões, o agora camisa 19 — Kaio Jorge pediu para ser o dono da 9 — iniciou, nessa segunda-feira (8), os trabalhos híbridos entre fisioterapia e preparação física.

Em breve, “El Comandante”, vice-artilheiro celeste no ano, estará disponível para ser escalado por Fernando Seabra.

Cruzeiro ganha três reforços contra o Grêmio

Para a partida desta quarta (10), contra o Grêmio, Fernando Seabra contará com os retornos do zagueiro João Marcelo, que volta de suspensão, do volante José Cifuentes, que retornou da Copa América, e do atacante Arthur Viana, recuperado de problemas físicos.

Foto de Maic Costa

Maic CostaSetorista

Maic Costa é mineiro, formado em Jornalismo na UFOP, em 2019. Passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas, antes de se tornar setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo