Brasil

Convocado pela primeira vez, Alisson revela inspiração em outro cria do Atlético-MG

Destaque do Atlético aos 18 anos, Alisson fará parte da Seleção Brasileira Sub-20 pela primeira vez

Ponta direita, canhoto, com muita habilidade e formado no Atlético-MG. Essas características definem tanto Savinho, hoje estrela do Girona, quanto Alisson, que vem se destacando cada vez mais no Galo. Ambos foram convocados para a Seleção Brasileira para a próxima data Fifa, um para a principal e outro para o Sub-20. O ponta que ainda veste Alvinegro se inspira muito no ex-companheiro de base.

Alisson recebeu sua primeira convocação para a Seleção Brasileira Sub-20 na sexta-feira (17). Ele fará parte do elenco do Brasil que vai realizar um período de treinamentos na Granja Comary durante a data Fifa de junho, entre os dias 3 e 11. Aos 18 anos, o jogador tem se destacado muito com a camisa do Galo já no profissional.

Muito feliz pela minha primeira convocação. É um dos meus sonhos realizados. Sensação de que o trabalho está sendo reconhecido. Só tenho a agradecer a Deus e ao Atlético. Seguir vivendo esse momento para acontecer outras vezes — Alisson

O jovem estreou profissionalmente em 2023, sob o comando de Felipão. Em 2024, a torcida clamava pela entrada dele, mas o treinador não dava chances reais. Quando entrou em campo, ele se tornou um dos grandes destaques do time. Já com Milito, Alisson tem sido majoritariamente reserva, já que Scarpa, que é o titular da posição, está em fase excepcional. Mesmo assim, ele tem entrado em campo na maioria dos jogos, sendo importante em alguns deles, como na vitória contra o Rosario Central, pela Libertadores.

Diante da ascensão rápida, Alisson garante que, como já sonhava com isso para a sua carreira, ele também já tinha se preparado para não deixar nada subir a cabeça.

— Eu já sonhava com esse momento. Imaginava isso. Vinha sendo preparado para, quando acontecesse, eu não me empolgasse ou perdesse a cabeça. Estou lidando bem, com a minha família e meus empresários me ajudando — destacou o jovem.

Comparação e inspiração com Savinho

Alisson é naturalmente comparado com Savinho, também cria do Atlético, que hoje brilha no Girona e já está acertado com o Manchester City. As características de ambos são bem parecidas, e o estilo de jogo também. Só dois anos separam eles na idade, que nunca jogaram juntos pelo Galo.

Savinho também foi convocado para a Seleção, mas a principal, fazendo parte do grupo que vai disputar a Copa América. Ele foi um dos melhores jogadores brasileiros da temporada europeia e está cada vez mais em evidência, algo que Alisson se inspira e sonha repetir.

— O Savinho eu tenho como referência, pois saiu daqui, jogou no profissional e agora está estourando na Europa. Ele é exemplo. Conseguimos sonhar, pois ele já chegou. Minha relação com ele é muito boa, a gente troca mensagens. Não joguei com ele, mas torço muito por ele e ele por mim. A gente se parabenizou pelas convocações. Espero que um dia eu possa chegar onde ele chegou — destacou o jovem atleticano.

Apesar da inspiração e a comparação com Savinho ser natural por conta do estilo em campo, Alisson não gosta de se comparar com ninguém, e quer construir sua própria história.

— Busco não me comparar com ninguém, cada um faz o seu trabalho. Estou muito feliz em ser um dos nomes promissores dessa geração — afirmou.

Além de Alisson, o Atlético também teve o goleiro Robert, titular do Sub-20, convocado para os treinos na Granja Comary, que visão a disputa do Sul-Americano. Na seleção principal, o Galo teve o lateral Guilherme Arana entre os chamados por Dorival.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Jornalista pela PUC-MG, passou por Esporte News Mundo e Hoje em Dia, antes de chegar a Trivela. Cobriu Copa do Mundo e está na cobertura do Atlético-MG desde 2020.
Botão Voltar ao topo