Brasil

Após onda de desfalques, Carpini deve ter ao menos três reforços importantes no São Paulo contra o Guarani

São Paulo deve ter os retornos de Lucas Moura, Wellington Rato e Igor Vinícius contra o Guarani

Jogo após jogo, Thiago Carpini se vê obrigado a lidar com desfalques e mais desfalques no São Paulo. São tantas baixas, que o treinador ainda não conseguiu repetir uma escalação sequer em nove partidas em que ele comandou a equipe até agora. Não será diferente neste sábado (25), às 18h (horário de Brasília), quando o Tricolor enfrenta o Guarani no Brinco de Ouro pela décima rodada do Campeonato Paulista. A dupla de zaga titular, Arboleda e Diego Costa, está suspensa. Mas ao menos, o treinador terá três reforços importantes na equipe.

Wellington Rato (lesão muscular na coxa esquerda) e Igor Vinícius (edema muscular na coxa direita) estão recuperados de problemas médicos e já foram reintegrados ao elenco no dia a dia de treinamentos no CT da Barra Funda. Ambos devem estar à disposição de Carpini para voltar à equipe já como titulares na partida contra o Bugre.

Mas o retorno mais esperado é o de Lucas Moura. O camisa 7 cumpriu uma rotina à parte do restante do elenco nos primeiros treinos da semana, ainda sob supervisão da preparação física. Mas nesta quinta-feira (22), ele foi liberado pelo departamento médico e participou normalmente do trabalho em campo reduzido.

O próprio Carpini revelou na entrevista coletiva após o empate em 2 a 2 com o Red Bull Bragantino, no último sábado (17), que esperava contar com os três jogadores na partida contra o Guarani. A expectativa deve virar realidade. Além deles, Rodriguinho também foi liberado pelo departamento médico.

– Se tem uma pessoa comemorando muito a semana aberta, sou eu. Primeiro pelo descanso, mas para poder recuperar mentalmente essa sequência de jogos. O São Paulo teve um início de temporada muito difícil, com uma decisão em 15 dias, e um clássico que nunca tinha vencido. Muita boa coisa acontecendo. O reflexo é isso. Sete jogadores no DM, dos sete, quatro ou cinco com jogadores muito grande. O bom é a gente aproveitar o máximo essa semana. Com possibilidade real de retornos de Lucas, Igor e Wellington Rato – disse o técnico.

Por que os retornos são tão importantes?

Do trio, o retorno de Igor Vinícius é o mais “importante” para a equipe. Isso, porque Carpini ficou quase sem alternativas na lateral direita nos últimos dois jogos. O treinador perdeu seu lateral-direito titular (Rafinha), o reserva (Igor Vinícius) e o terceiro reserva (Moreira) por lesões praticamente consecutivas nesta temporada. A situação foi tão grave, que ele se viu obrigado a improvisar Bobadilla na derrota para o Santos no clássico e no empate com o Bragantino. A única opção de origem da posição que ele tinha à disposição era o garoto Igor Felisberto, de 16 anos.

Além disso, Igor volta para tentar dar mais segurança a um setor defensivo que não terá a dupla de zaga titular contra o Guarani. Alan Franco e Ferraresi serão os zagueiros que tentam estancar os (muitos) gols sofridos pela equipe nos últimos jogos. Isso, porque média de gols sofridos pela equipe simplesmente triplicou nos últimos três jogos, em comparação às seis primeiras partidas da temporada.

São Paulo não vence há três jogos, e Carpini enfrenta primeira turbulência no cargo (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

O Tricolor foi vazado cinco vezes nas derrotas para Ponte Preta (2 a 0) e Santos (1 a 0) e no empate com o Red Bull Bragantino (2 a 2) – uma média de 1,6 gol por partida. Antes, nos seis jogos anteriores, foram apenas três gols sofridos, com média de 0,5 por partida. Agora, Carpini terá de restabelecer a solidez de seu sistema defensivo com a dupla Alan Franco e Ferraresi. Luiz Gustavo também é opção.

Desfalques do São Paulo:

  • Rodrigo Nestor (cirurgia no joelho esquerdo);
  • Rafinha (lesão na perna esquerda);
  • Arboleda (suspenso);
  • Diego Costa (suspenso).

Os retornos de Lucas e Rato permitem que Carpini volte a escalar a formação titular do setor ofensivo para a partida contar o Bugre – algo que ocorreu apenas duas vezes na temporada. O treinador deve armar a equipe com o quarteto de ataque completo, com Luciano centralizado e Calleri na referência.

> Os próximos jogos do São Paulo:

  • 25/02/2024 – Guarani x São Paulo, às 18h (horário de Brasília), no Brinco de Ouro da Princesa;
  • 28/02/2024 – Inter de Limeira x São Paulo, às 21h35 (horário de Brasília), no Mané Garrincha;
  • 03/03/2024 – São Paulo x Palmeiras, às 20h (horário de Brasília), no MorumBIS.
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo