Brasileirão Série A

Palmeiras: Quem são e onde estão as 24 Crias da Academia lançadas por Abel Ferreira

Técnico do Palmeiras, Abel Ferreira lançou muitos jovens da base, mas não firmou muitos dos que promoveu

Na entrevista coletiva depois da derrota de virada para o Santos, no domingo, Abel Ferreira mais uma vez relembrou sua importância na promoção de garotos formados no clube para o elenco profissional.

A resposta rebate a informação apurada pela Trivela junto a profissionais ligados à base do clube que dão conta de que existe a avaliação de que Abel foi cauteloso demais com o uso de jogadores da base nos duelos contra o Boca.  

De fato, o número de atletas que estrearam sob o comando do português é grande. Segundo levantamento da reportagem, 24 atletas estrearam com a camisa profissional do Verdão com a comissão técnica portuguesa desde novembro de 2020, quando se iniciou a passagem de Abel pelo clube.

O número de jogadores da base escalados por ele – sem contar casos como os de Vinicius Silvestre, Artur, Papagaio e Victor Luis, que já tinham estourado a idade sub-20 quando o português chegou – é de 33.

Curiosamente, porém, Abel utilizou de maneira mais frequente os garotos promovidos por Vanderlei Luxemburgo e Andrey Cebola Lopes do que os que ele mesmo levou para o time de cima. A exceção é Endrick. O fenomenal camisa 9 foi titular com Abel 22 vezes.

Dos garotos promovidos por Abel, nenhum se firmou na equipe. No momento, o mais perto de conseguir tal feito parece ser o ponta-esquerda Kevin. O atacante fez jogos excelentes contra o Boca Juniors, pela volta da semifinal da Libertadores na quinta-feira passada (5) e contra o Santos, no domingo (8).

Herança bendita

Quando chegou ao clube, Abel Ferreira se deparou com um quinteto que utilizou muito: Renan, Gabriel Menino, Patrick de Paula, Danilo e Gabriel Veron.

Os cinco foram trazidos para o time de cima por Vanderlei Luxemburgo, mas a decisão de promover três deles já vinha do ano anterior.

Foi o demissionário diretor Alexandre Mattos, em um de seus últimos atos no clube, quem anunciou que Menino, Patrick e Veron iniciariam 2020 no profissional.

Além deles, Mattos disse que Artur, que já tinha sido usado por Felipão e pelo interino Wesley Carvalho – hoje técnico do Athletico-PR -, não iria mais se revezar entre o sub-20 e o time de cima – algo que não se concretizou depois do vazamento de uma foto do atacante com uma camisa do Flamengo.

Foi Luxemburgo quem puxou Renan, Lucas Esteves e Danilo do sub-20 para os profissionais.

As 24 crias de Abel

O número que impressiona não traduz totalmente a realidade. Muitos dos jogadores da base escalados por Abel não receberam chances por mérito ou porque estavam prontos, mas sim por necessidade.

Por conta da pandemia de covid, em 2020 e 2021, o técnico teve de escalar algumas peças contingencialmente, para tapar buracos deixados por jogadores impedidos de jogar.

Foram os casos de atletas como os atacantes Marcelinho, o paraguaio Aníbal e o panamenho Newton, entre outros.

Deste modo, apenas nove dos 24 realmente foram ou são importantes para o time profissional: Garcia, Naves, Vanderlan, Fabinho, Jhon Jhon, Luis Guilherme, Endrick, Giovani e Kevin. E apenas Endrick, de fato, briga por posição.

Veja os atletas lançados por Abel Ferreira e seus status atuais

O jogador Kevin, do Palmeiras, disputa bola durante partida contra o Boca Juniors (Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon)

Laterais-direitos

  • Garcia – Faz parte do atual elenco profissional do clube e é a terceira opção do setor, atrás de Mayke e Marcos Rocha;
  • Lucas Sena – Veio do São Paulo após sair do clube do Morumbi de maneira litigiosa. Atualmente, está sem clube.

Zagueiros

  • Henri – Está emprestado ao North Texas, do terceiro nível do futebol dos Estados Unidos;
  • Lucas Freitas – Está emprestado à Chapecoense.
  • Michel – Faz parte do time sub-20 do Palmeiras, onde costuma ser capitão.
  • Naves – Está no elenco profissional, sendo a quarta opção depois dos dois titulares e de Lua

Laterais-esquerdos

  • Vanderlan – Mais do que aprovado, só não é titular no profissional porque Piquerez é hoje um dos mais importantes atletas do time
  • Ian – Ainda está oscilando entre sub-20 e profissional. Enfrentou o Bragantino no Brasileirão duas rodadas atrás.

Volante

  • Fabinho – Ganhou moral com Abel, foi titular contra o Bragantino e jogou nos dois jogos contra o Boca Juniors. Briga com Ríos para ser a primeira opção da posição.

Meias

  • Jhon Jhon – Foi bastante utilizado por Abel, mas ultimamente vem perdendo espaço para outros garotos;
  • Luis Guilherme – O vulgo “Manga” está ganhando espaço. Entrou nos dois jogos contra o Boca Juniors e foi bem em ambos;
  • Pedro Bicalho – Está emprestado ao Alverca, da terceira divisão de Portugal;
  • Pedro Lima – Está emprestado ao Norwich, da segunda divisão da Inglaterra, onde tem atuado mais pelo Sub-21;
  • Yago Santos – Era visto como muito promissor, mas não conseguiu se firmar nos profissionais do Palmeiras. Está no América-MG, ainda na base.

Atacantes

  • Aníbal – Está emprestado ao Ameliano, do Paraguai, mas não vai mais retornar ao Palmeiras;
  • Endrick – Camisa 9 dos profissionais, foi negociado com o Real Madrid por cerca de R$ 400 milhões, valor que depende do cumprimento de algumas metas para ser atingido. Deixará o Palmeiras em junho de 2024;
  • Fabrício – De acordo com informações do portal Transfermarkt, o centroavante está atualmente sem clube;
  • Giovani – Uma venda que os palmeirenses até hoje lamentam, o ponta-direita foi negociado com o Al Sadd, do Qatar, mas rompeu os ligamentos do joelho em sua estreia e não joga mais neste ano;
  • Kevin – Tem tudo para ser o próximo nome da base alviverde a estourar no time de cima. Foi muito bem contra Boca e Santos;
  • Marcelinho – Esteve no Água Santa, em 2022, foi contratado pelo Cruzeiro e cedido ao Tombense, pelo qual enfrentou o Palmeiras na Copa do Brasil deste ano;
  • Newton – O atacante panamenho está no Antigua, da primeira divisão da Guatemala;
  • Pedro Acácio – O atacante, que também atuou como meia no Verdão, jogou uma temporada no Portimonense, de Portugal, onde atuou como lateral. Atualmente, está no Canaã, da Bahia, de onde saiu para o Verdão inicialmente;
  • Vitinho – Está no Valerenga, da primeira divisão da Noruega. Não tem conseguido muito espaço;
  • Kauan Santos – Está no sub-20 do Palmeiras e vem sendo integrado aos profissionais aos poucos.
Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, Diego cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo