Brasileirão Série A

O Grêmio melhorou defensivamente contra o Athletico-PR, e duas peças colaboraram para isso

Novidades na vitória sobre o Athletico-PR, Gustavo Martins e Dodi colaboraram para que o Grêmio não fosse vazado

A defesa vem sendo a principal preocupação do Grêmio desde a temporada passada, quando, apesar do vice-campeonato brasileiro, foi o quarto time mais vazado da competição. Neste início de 2024, o problema vinha se repetindo. O Tricolor era o time da Série A com a maior média de gols sofridos. Entretanto, na vitória por 2 a 0 sobre o Athletico-PR, na noite de quarta-feira (17), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe de Renato Portaluppi apresentou evolução no aspecto defensivo.

Isso que, do outro lado, estava o melhor ataque do futebol brasileiro até aqui no ano, com 44 gols em 20 jogos. Mas o Grêmio não só não foi vazado pelo Athletico-PR, como cedeu apenas quatro finalizações ao longo de todo jogo na Arena do Grêmio — nenhuma no segundo tempo.

Duas peças que entraram na equipe foram importantes para dar essa consistência defensiva ao Grêmio. Na zaga, Gustavo Martins foi escolhido como substituto de Kannemann, que não foi relacionado diante da dúvida quanto ao novo protocolo de concussão da CBF. No meio de campo, por opção técnica, Dodi ganhou a vaga de Du Queiroz.

Gustavo Martins pede passagem há algum tempo no time do Grêmio

Gustavo Martins já vinha pedindo passagem há algum tempo no time do Grêmio. O gol marcado na derrota para o Vasco finalmente parece ter convencido o técnico Renato Portaluppi a colocá-lo à frente de Rodrigo Ely na hierarquia. O jovem zagueiro teve atuação segura na vitória sobre o Athletico-PR, em que Geromel atuou à sua esquerda.

— Fico muito feliz de poder estar ajudando a equipe. Contra o Vasco eu pude entrar no decorrer do jogo, fiz o gol, mas saímos com derrota. E o principal foi o que aconteceu hoje. Saí jogando, fizemos um bom jogo, saímos com a vitória e sem tomar gol. É importante manter esse ritmo e sempre aproveitar as oportunidades que o professor me der — comentou Gustavo Martins após a partida, na zona mista da Arena do Grêmio.

O que ainda parece prejudicar maior aproveitamento do jovem zagueiro no time titular é a indefinição quanto à renovação de contrato, após o Grêmio recusar mais de uma proposta do Braga, de Portugal. Mas Gustavo garante deixar esse assunto para o seu empresário, e mantém o foco no trabalho no dia a dia do Tricolor Gaúcho.

Dodi acrescentou combatividade ao meio de campo do Grêmio e deixou Villasanti mais solto

Por sua vez, Dodi agregou combatividade a um meio de campo carente disso. Ele foi o jogador gremista que mais ganhou duelos pelo chão na vitória sobre o Athletico-PR. De quebra, seu posicionamento mais defensivo permitiu a Villasanti chegar no ataque sem receio. O paraguaio, inclusive, foi responsável pela assistência para o segundo gol gremista, marcado por Soteldo.

— O Villa tem uma característica de pisar bastante na área. Mas o professor deu liberdade para os dois, na hora que um vai o outro tem que ficar mais para ajudar a defesa. Acho que fomos muito bem nisso. Eu prefiro ficar mais, pela característica dele. Acho que deu certo essa função. Muito feliz pela partida de hoje — comemorou Dodi, que literalmente estava de aniversário na quarta-feira (17), quando completou 28 anos.

Resta saber se as presenças de Gustavo Martins e Dodi no time titular do Grêmio serão definitivas. No caso do zagueiro, é mais difícil pela idolatria que a dupla Geromel e Kannemann carrega, embora ambos fiquem de fora de jogos com frequência. Por sua vez, o volante deve ter vaga no time pelo menos até Pepê se recuperar de lesão muscular.

Grêmio na temporada 2024

  • 21 jogos, com 12 vitórias, 3 empates e 6 derrotas
  • 61,9% de aproveitamento
  • 36 gols feitos e 22 gols sofridos
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo