Brasileirão Série A

Discurso famoso e líder desde pequeno: quem é o garoto relacionado pela 1ª vez por Zubeldía

Zagueiro Igão, de 16 anos, estará no banco de reservas contra o Vasco, neste sábado (22), em São Januário

Ao conhecer o CT de Cotia durante a última Data Fifa, Luis Zubeldía afirmou que a visita não era “perda de tempo”. A promessa era de dar mais espaço aos garotos das categorias de base em breve, e o treinador cumpre com suas palavras ao transformá-las em atitudes.

O zagueiro Igão, de 16 anos, foi relacionado pela primeira vez para o time profissional pelo treinador. Ele integra a delegação para a partida contra o Vasco, neste sábado (22), às 21h30 (horário de Brasília), em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro.

Quem é Igão?

O zagueiro chamou a atenção de Luis Zubeldía durante um treino com a participação de atletas do time sub-17 e do time sub-20 no CT da Barra Funda. Mas o garoto já atrai olhares nas categorias de base do São Paulo há bastante tempo.

Anos atrás, quando defendia o time sub-11 do São Paulo, o zagueiro viralizou nas redes sociais por seu discurso de liderança para os companheiros antes de uma partida (confira no vídeo abaixo). No Tricolor desde 2016, quando tinha apenas oito anos, o zagueiro coleciona títulos pelas categorias e base do clube.

Neste ano, o jovem foi eleito o melhor atleta da posição na disputa da Copa do Brasil sub-17. O São Paulo foi vice-campeão da competição, com derrota para o Fluminense na final. Mas o destaque rendeu a Igão uma convocação para a seleção brasileira sub-17 para a disputa da Cascais Luso Cup, em julho, em Lisboa.

Alan Franco volta contra o Vasco

Além de Igão, Luis Zubeldía conta com o retorno de um jogador que é essencial para que a sua equipe retome a solidez defensiva. Recuperado de um desconforto muscular e após cumprir suspensão, Alan Franco volta à equipe para enfrentar o Vasco.

O retrospecto fala por si só para explicar por que seu retorno merece ser (muito) festejado. Pois a defesa sustentava o trabalho do atual treinador… Até os últimos dois jogos.

A equipe sofreu três dos sete gols sob o comando de Zubeldía no empate em 2 a 2 com o Corinthians e na derrota por 1 a 0 para o Cuiabá — a primeira com o argentino. As duas partidas têm um denominador comum: Alan Franco foi ausência.

Álan Franco tem números impressionantes pelo São Paulo (IconSport)

Esta é a tônica do São Paulo na temporada. A equipe sofre, em média, o dobro de gols quando o argentino não está em campo. O Tricolor foi vazado oito vezes em 16 jogos com Alan — média de 0,5 por partida. Sem ele, o número sobe para 1,12 por partida: são 18 gols em 16 compromissos.

Defesa do São Paulo em 2024

  • Com Alan Franco: 8 gols sofridos em 16 jogos — média de 0,5 por partida
  • Sem Alan Franco: 18 gols sofridos em 16 jogos — média de 1,12 por partida

O recorte da equipe com Luis Zubeldía deixa a titularidade do argentino ainda mais importante e necessária. O São Paulo sofreu três gols em nove jogos com Alan Franco sob o comando do treinador — média de 0,33 por partida. Sem ele, a média de gols sofridos triplica. São quatro gols em quatro jogos — um por partida.

Quais são os próximos jogos do São Paulo?

O São Paulo tem uma longa sequência de jogos pelo Brasileirão até as oitavas de final da Libertadores e da Copa do Brasil.

  • Vasco x São Paulo — Brasileirão — sábado, 22 de junho, às 21h30 (horário de Brasília) — Transmissão: SporTV (TV fechada) e Premiere (TV por assinatura);
  • São Paulo x Criciúma — Brasileirão — quinta-feira, 27 de junho, às 20h (horário de Brasília) — Transmissão: Premiere (TV por assinatura)
  • São Paulo x Bahia — Brasileirão — domingo (30), às 16h (horário de Brasília) — Transmissão: TV Globo (TV aberta) e Premiere (TV por assinatura)
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo DecontoSetorista

Jornalista pela PUCRS, é setorista de Seleção e do São Paulo na Trivela desde 2023. Antes disso, trabalhou por uma década no Grupo RBS. Foi repórter do ge.globo por seis anos e do Esporte da RBS TV, por dois. Não acredite no hype.
Botão Voltar ao topo