Brasileirão Série A

No apagar das luzes, Corinthians busca empate contra o Cruzeiro

Cruzeiro e Corinthians se enfrentaram, na noite deste sábado (19), pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro

Parecia que o Cruzeiro encerraria a sequência negativa de seis jogos sem vitória neste sábado (19), mas já no apagar das luzes, o Corinthians buscou o empate por 1 a 1. Rafael Elias, o Papagaio, abriu o placar após boa trama entre Wesley e Bruno Rodrigues, enquanto já no fim Gabriel Moscardo fez uma ótima jogada e Gustavo Silva, o ex-Mosquito, aproveitou cruzamento de Romero para empatar.

Cruzeiro ultra ofensivo e Corinthians misto

Buscando a reabilitação no Brasileirão, Pepa escalou um Cruzeiro bastante ofensivo, com um quarteto de atacantes formado por Wesley, Bruno Rodrigues, Arthur Gomes e Rafael Elias, o Papagaio. Sem William, machucado, o colombiano Helibelton Palacios assumiu a ala direita.

O Cruzeiro começou o jogo com: Rafael Cabral; Helibelton Palacios, Neris, Luciano Castán e Marlon; Matheus Jussa e Lucas Silva; Wesley, Bruno Rodrigues, Arthur Gomes e Papagaio.

Somente três dias após a eliminação da Copa do Brasil para o rival São Paulo e três dias antes de enfrentar o Estudiantes de La Plata, da Argentina, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana, o Corinthians foi escalado por Vanderlei Luxemburgo com uma série de alterações.

Ficaram de fora dos relacionados para enfrentar o Cruzeiro a dupla de zaga titular, Gil e Murillo, o lateral-esquerdo Fábio Santos, os meio-campistas Maycon e Renato Augusto, sendo este o grande nome da equipe, e o atacante Yuri Alberto, referência corintiana no ataque. O lateral-direito Fágner também não enfrenta o Cruzeiro, por causa de uma lesão muscular na panturrilha esquerda.

Assim, Vanderlei Luxemburgo escalou o Corinthians com: Cássio; Bruno Méndez, Lucas Veríssimo, Caetano e Matheus Bidu; Gabriel Moscardo, Giuliano, Biro e Matías Rojas; Wesley e Felipe Augusto.

Só deu Cruzeiro na primeira etapa

Apoiado por sua torcida e com uma formação bastante ofensiva, o Cruzeiro iniciou a partida em cima do Corinthians, marcando em cima e conseguindo as primeiras finalizações da partida. Lucas Silva e Arthur Gomes chegaram a assustar Cássio com bons chutes de fora da área.

Aos 20 minutos da primeira etapa, o time celeste ficou a centímetros de abrir o placar. Após cruzamento para a área, Moscardo tentou tirar, mas de peito, mandou a bola em direção ao gol de Cássio, que só pôde torcer e ver a redonda passar muito perto de sua trave esquerda.

Aos 30 minutos, o perigoso Arthur Gomes voltou a assustar Cássio. O ponta recebeu bola pela esquerda, passou facilmente pela marcação e bateu forte. A bola foi em cima do goleiro corintiano, que espalmou. Aos 39 foi a vez de Wesley fazer jogada individual para obrigar o camisa 12 do Corinthians a trabalhar.

Papagaio faz o Mineirão explodir

Como tem sido comum nas partidas do Cruzeiro, o time celeste atacava muito, mas pecava nas finalizações. Mas aos 45 minutos do primeiro tempo, um contra-ataque mortal mudou essa sina. Wesley arrancou do campo de defesa, cruzou toda a extensão do gramado e abriu com Bruno Rodrigues, que, do lado direito do ataque, achou grande passe para Rafael Elias, o Papagaio. O camisa 40 foi rápido ao chegar na bola e não perdoou, tocando na saída de Cássio e abrindo o placar.

O Cruzeiro voltou a marcar no Mineirão pelo Brasileirão após quase quatro anos. O último gol celeste no estádio havia acontecido em 3 de novembro de 2019. Na ocasião, Sassá fez o gol celeste no empate em 1 a 1 com o Bahia. Em 2023, foram três jogos no estádio pela Série A e a Raposa não balançou a rede em nenhum deles:

  • 10/05/2023: Cruzeiro 0 x 2 Fluminense – Mineirão
  • 21/06/2023: Cruzeiro 0 x 1 Fortaleza – Mineirão
  • 06/08/2023: Cruzeiro 0 x 0 Botafogo – Mineirão

O gol celeste coroou a exibição do Cruzeiro no primeiro tempo, coisa que não vinha acontecendo nos últimos jogos. Para se ter ideia, o primeiro tempo terminou com nove finalizações da Raposa, sendo quatro delas na direção do gol. O Corinthians, por sua vez, chutou apenas uma vez e para fora.

Segundo tempo

Na segunda etapa, o Cruzeiro seguiu em cima, mas o Corinthians adotou uma postura mais ofensiva. Rafael Cabral precisou trabalhar pela primeira vez no jogo aos 6 minutos, após chute de Giuliano no meio do gol. Enxergando uma melhora de sua equipe, o treinador Vanderlei Luxemburgo mexeu aos 12 minutos. Gustavo Mosquito substituiu Wesley, Felipe Augusto deu lugar a Giovane e Guilherme Biro saiu para a entrada de Ruan Oliveira.

Aos 13 minutos, Rafael Papagaio passou muito perto de se consagrar ainda mais. Lucas Silva cobrou falta da direita, Luciano Castán cabeceou e Cássio fez grande defesa. O camisa 40 então se atirou no rebote e, de dentro da pequena área, desviou para fora.

Pepa percebeu o Corinthians avançando no campo e sacou Arthur Gomes para colocar Filipe Machado, reforçando o meio de campo. Com urgência para empatar o jogo, Luxemburgo rapidamente queimou suas alterações restantes, sacando Rojas e Bruno Méndez, aos 24 minutos da etapa final, para colocar Léo Mana e Ángel Romero.

Mesmo se atirando mais na metade final do segundo tempo, o Corinthians não teve qualidade na criação e pouco assustou o goleiro Rafael Cabral. Precisando da vitória para encerrar a má fase, o Cruzeiro passou a segurar o jogo, buscando, assim, garantir o tão sonhado resultado positivo.

Tudo mudou nos acréscimos

Quando parecia que o Cruzeiro finalmente sairia do Mineirão com os três pontos, o Corinthians achou o empate já nos últimos minutos dos acréscimos da partida.

Gabriel Moscardo roubou a bola de Gilberto no campo de ataque, passou pelo atacante adversário com um lindo drible e avançou. A bola caiu no pé de Ángel Romero pela esquerda e o paraguaio limpou o lance antes de cruzar para o segundo poste.

Após dez meses sem jogar se recuperando de uma lesão grave, Gustavo Silva se antecipou ao marcador e cabeceou no canto, sem chance para Rafael Cabral.

Novos Raposão e Raposinho são apresentados

A partida ainda foi marcada pela apresentação dos novos Raposão e Raposinho, mascotes do Cruzeiro. A dupla passou por uma reformulação de layout. A festa para o retorno da dupla, que não aparecia nos jogos do time celeste desde o último mês de maio, impressionou. Um lindo show de luzes foi visto da arquibancada, além de fumaça azul e branca e bastante rock and roll.

Raposão e Raposinho foram apresentados para a torcida do Cruzeiro
Raposão e Raposinho tiveram noite de superestrelas no Mineirão – Foto: Staff Images/Cruzeiro

Os próximos jogos de Cruzeiro x Corinthians

O Cruzeiro volta a jogar no domingo (27), contra o Grêmio, às 16h, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. No primeiro turno, o clube celeste venceu por 1 a 0, com gol de Bruno Rodrigues.

Já o Corinthians recebe o Estudiantes de La Plata, da Argentina, já na terça-feira (22), às 21h30, na Neo Química Arena, em São Paulo. O duelo valerá pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana.

Estatísticas de Cruzeiro 1 x 1 Corinthians – 20ª rodada do Brasileirão

  • Posse de bola: Cruzeiro 46% x 54% Corinthians
  • Finalizações (a gol): Cruzeiro 19 (8) x 5 (2) Corinthians
  • Grandes chances: Cruzeiro 4 x 0 Corinthians
  • Passes certos: Cruzeiro 331 (83%) x 415 (86%) Corinthians
Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa nasceu em Ipatinga, mas se radicou na Região dos Inconfidentes mineiros. Formado em Jornalismo na UFOP, em 2019, passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas. Atualmente, é setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo