Brasileirão Série A

70 dias e uma enchente depois, Internacional volta a jogar no Beira-Rio

Recuperado após ser tomado pela água, estádio colorado recebe o jogo contra o Vasco da Gama, neste domingo (7), pelo Campeonato Brasileiro

O jogo contra o Vasco da Gama, às 18h deste domingo (7), pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, será histórico para o Internacional. Depois de 70 dias, o Colorado voltará a jogar no Beira-Rio.

A última partida do Inter em sua casa foi no dia 28 de abril, no empate em 1 a 1 com o Atlético-GO. Na semana seguinte, em que o Colorado enfrentaria o Juventude, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, iniciaram as fortes chuvas no Rio Grande do Sul.

Beira-Rio foi inundado pela enchente

Localizado ao lado do Guaíba, o Beira-Rio foi inundado pela enchente. O gramado e o primeiro nível do estádio ficaram embaixo d'água. A parte interna também foi bastante afetada.

Beira-Rio foi inundado pelo Guaíba. Foto: Divulgação/Sul Na Lente

— A água chegou a cerca de 1,00 m, 1,20 m, todo nível um do estádio. Para explicar para o torcedor, chegou até a segunda fileira de cadeiras no estádio, que ficou bastante tempo com a água nessa posição. Os bancos da casamata saíram da casamata, estavam na metade do gramado. São imagens que doem, vermos nosso patrimônio assim — lamentou Victor Grunberg, vice-presidente de administração do Inter.

Trabalho incansável fez com que Beira-Rio fosse recuperado antes do prazo inicial

Em entrevista coletiva no dia 15 de maio, o dirigente projetou de 60 a 90 dias para que o Beira-Rio pudesse voltar a receber jogos. No entanto, condições favoráveis e uma força-tarefa fizeram com que a previsão fosse antecipada.

Diversas equipes trabalharam incansavelmente na reconstrução dos diferentes setores do Beira-Rio. O gramado, que gerava maior preocupação, contou com replantio da grama de inverno.

Gramado do Beira-Rio recebe iluminação artificial
Iluminação artificial ajudou a acelerar o processo de recuperação do gramado do Beira-Rio. Foto: Divulgação/SC Internacional

A chuva dos últimos dias prejudicou a finalização do processo de recuperação do gramado. Mas ele apresenta condições de jogo, mesmo que não esteja 100% com a qualidade que o torna, reconhecidamente, um dos melhores do Brasil.

Internacional aposta em retorno ao Beira-Rio para alavancar campanhas

O Inter conta muito com o retorno ao Beira-Rio para alavancar sua campanha no Campeonato Brasileiro e conseguir a classificação contra Juventude, pela Copa do Brasil, e Rosario Central, pela Copa Sul-Americana, em duelos decisivos que acontecerão neste mês de julho.

Em várias entrevistas coletivas, o técnico Eduardo Coudet se queixou do período longe de casa. Frisou que o Inter jogou 11 vezes como visitante — mesmo que tenha sido mandante, e contado com maioria da torcida no estádio, em cinco dessas partidas. Nesse cenário, obteve duas vitórias, um empate e duas derrotas.

Jogos do Internacional como mandante no período sem o Beira-Rio

  • Internacional 1 x 2 Belgrano — Copa Sul-Americana — 28/05/2024 — Arena Barueri, em Barueri/SP
  • Internacional 1 x 0 Delfín — Copa Sul-Americana — 08/06/2024 — Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul/RS
  • Internacional 0 x 0 São Paulo — Campeonato Brasileiro — 13/06/2024 — Heriberto Hülse, em Criciúma/SC
  • Internacional 1 x 0 Corinthians — Campeonato Brasileiro — 19/06/2024 — Orlando Scarpelli, em Florianópolis/SC
  • Internacional 1 x 2 Atlético-MG — Campeonato Brasileiro — 26/06/2024 — Heriberto Hülse, em Criciúma/SC
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas WagnerSetorista

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo