Brasil

Atlético-MG espera ‘passar ileso’ e manter principais jogadores no início da temporada

Com preocupação da torcida principalmente com saída de Paulinho, diretor de futebol garante time base mantido no início de 2024

Último dia de 2023. Isso quer dizer que, a partir de amanhã (1°), as janelas de transferências do futebol mundial se abrem e as contratações podem ser feitas. O Atlético-MG pode ser alvo de algumas investidas, mas o diretor Rodrigo Caetano espera que o clube passe “ileso” e mantenha sua base de jogadores nesse início de temporada.

A janela de janeiro é sempre a mais movimentada no futebol brasileiro. Por outro lado, na Europa, onde estão concentrados os clubes de maior poder aquisitivo e sonho dos atletas que atuam no Brasil, essa é a janela menos movimentada, pois eles estão no meio da temporada. Diante disso, o diretor de futebol atleticano, Rodrigo Caetano, espera manter a base principal do Atlético nesse início de ano.

– Afirmo que, a equipe base, os que mais jogaram, a ideia, é óbvio que é permanecer. Precisamos vender? Sim. Mas para essa janela de janeiro, vamos conseguir passar ileso e seguir com essa base – disse o diretor em entrevista ao Seleção SporTV, que destacou o acréscimo de Gustavo Scarpa no elenco, contratado recentemente junto ao Nottingham Forest, da Inglaterra.

Caetano, no entanto, destaca que o Atlético deve ter algumas mudanças no elenco. Saídas e chegadas de mais dois ou três jogadores devem acontecer. Para ele, um time vence quando se há ajustes e não uma reformulação completa: “Acredito que se ganha quando se troca menos, e não se troca menos porque ganha. Às vezes você faz uma reformulação total e já bate campeão, mas a probabilidade é baixa. Falamos em ajustes e mudanças pontuais. Estamos olhando o mercado ainda”.

Essa fala do diretor, que garante o time base no início de 2024,serve para aliviar o torcedor, que temia perder principalmente Paulinho, principal destaque e artilheiro do time em 2023. Ainda jovem, ele deve atrair olhares da Europa, mas isso deve acontecer com mais afinco no meio do ano, que é quando a temporada europeia termina.

Para 2024, o Atlético focou muito em renovações, tendo estendido o contrato de vários jogadores, como Mariano, Saravia, Battaglia, Arana, entre outros. As saídas que vão acontecer neste início de temporada devem ser de jogadores que não foram tão importantes para o clube em 2023, como o atacante Eduardo Vargas, que está fora dos planos do Alvinegro. As saídas de Réver (aposentado), Hyoran (contrato não renovado) e Paulo Henrique (vendido após período emprestado) já estavam previstas e não entram nessa conta.

Hulk fica, claro

Algo que ligou o alerta da torcida do Atlético neste fim de ano foram as declarações de Hulk na última entrevista coletiva da temporada, em que ele não quis falar sobre seu futuro, se seguiria no clube e os planejamentos. Uma saída dele, no entanto, foi extremamente rechaçada pelo clube e pelo staff do jogador. Caetano comentou sobre o assunto e já revelou que a ideia do Galo é mantê-lo até o fim de sua carreira.

– O Hulk representa muito mais do que só um atleta. Na época (da chegada) precisávamos de um grande ídolo, e acho que essa foi a escolha perfeita, tanto do Galo quanto do Hulk. Ele tem contrato até o fim de 2024, com gatilhos de renovação automática até o fim de 2025. Ele sabe muito bem que o nosso desejo é ampliar o contrato, independente dos gatilhos, e quem sabe até mais além. O dia que ele não se sentir apto ou confortável para seguir jogando, talvez ele não diga. Mas não vejo ele falar isso sobre o Galo. Não tem motivo para isso. É o maior de todos que temos. Faz os outros atletas crescerem juntos, vide o Paulinho. Ele vai além de um jogador de futebol.

Hulk é o maior ídolo recente do Atlético e chegou a dar declaração nos últimos meses que estava cansado e iria embora do Brasil no fim da temporada. No entanto, horas depois se pronunciou afirmando que falou tudo de cabeça quente. Ele já é um dos maiores ídolos da história do Galo e, caso consiga conquistar uma Libertadores – maior desejo dele e do clube -, se tornará o maior da história atleticana para muito torcedor.

Por outro lado, nas chegadas …

A reportagem da Trivela apurou que, além de Scarpa, o Atlético pretende contratar mais dois jogadores. As posições devem ser um para a defesa e outro para o ataque. Nomes estão sendo ligados ao clube, como do atacante Rodrigo Muniz, mas a negociação, nesse caso em específico, é vista como complicada e é mais provável não acontecer.

O Atlético segue ativo no mercado e faz algumas consultas a jogadores, mas o baixo orçamento complica algumas negociações. O clube aposta no ótimo negociador que é Rodrigo Caetano e também nas promessas de se manter um time competitivo que vai lutar por títulos em 2024. Esse, inclusive, foi um dos fatores que convenceu Scarpa a acertar com o Galo, como revelou o diretor de futebol.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo