Alemanha

Decisão de Terzic sobre Borrusia estava tomada há semanas e foi influenciada até pelo futebol árabe

Vice-campeão da Champions League muda rumo de sua carreira após atrito com líderes do elenco

A situação no Borussia Dortmund não estava nada agradável, mesmo com o vice-campeonato da Champions League. Hummels, um dos líderes da equipe, afirmou que só renovaria com o clube caso o técnico Edin Terzić saísse do clube. 

E nesta quinta-feira, o treinador do time Aurinegro comunicou seu pedido de desligamento do cargo de treinador, rescindindo seu contrato que iria até 2025.

A decisão de sair do Borussia Dortmund surgiu há duas semanas, logo após a derrota para o Real Madrid em Wembley, e a relação do jovem técnico com uma das lideranças do elenco, foi um dos motivos que o fizeram sair.

Segundo informações da Sky Sports, o ambiente entre os dois não era bom, e o interesse do futebol dos Estados Unidos e da Arábia Saudita na contratação do zagueiro, estremeceu o ambiente no Signal Iduna Park.

Hummels foi um dos principais jogadores do Borussia na campanha que culminou com o vice-campeonato europeu, e o clube não gostaria de vê-lo sair ao final de seu contrato.

O zagueiro tem vínculo com a equipe até o final deste mês, e embora Terzic também tenha muito respeito no clube, o treinador entendeu que o projeto deveria continuar sem ele para a próxima temporada. 

“É incrivelmente doloroso dizer isso para os torcedores aurinegros, mas hoje estou rompendo com o Borussia Dortmund. Foi uma honra vencer a Copa da Alemanha e liderar esse clube fantástico à final da Champions League.

Após dez anos no Borussia, sinto que a nova era do clube deve começar com um novo homem à beira do campo” – disse Terzic em seu comunicado de desligamento.

Diretoria do Borussia Dortmund agradece ao trabalho de Terzić

Hans-Joachim Watzke, CEO do clube alemão, publicou uma mensagem de apoio e carinho ao trabalho realizado por Edin Terzić.

Segundo o mandatário do Borussia Dortmund, o treinador demonstrou muito comprometimento durante seu período comandando a equipe, e afirmou ter uma dívida de gratidão eterna com o profissional.

Edin Terzic fez um excelente trabalho durante seu tempo aqui. Todos nós lhe devemos uma enorme dívida de gratidão. Edin e eu sempre seremos amigos. Ele sempre será parte da família Borussia Dortmund”, afirmou Hans-Joachim Watzke.

O legado de Terzic no comando do Borussia

Boa parte da carreira do treinador de 41 anos foi dentro do Borussia Dortmund. Terzić começou sua trajetória no clube na equipe de scout, em 2010, e depois treinou as categorias de base da equipe.

Saiu pela primeira vez do Borussia em 2013, e somou passagens pelo Besiktas da Turquia e pelo West Ham como auxiliar técnico de Slaven Bilic.

Em dezembro de 2020, assumiu o posto como treinador do Dortmund no lugar de Lucian Fravre, e levou o time ao título da Copa da Alemanha em 2021.

Após passar a temporada 2021/2022 como diretor técnico, Terzić voltou ao comando técnico do Borussia Dortmund na metade de 2022. Acabou perdendo o título da Bundesliga na última rodada, vendo o seu grande rival Bayern de Munique vencer a competição.

Em 128 jogos disputados pelo clube, Terzic alcançou 75 vitórias, 24 empates e sofreu 29 derrotas.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de SouzaRedator

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo