Bundesliga

‘Conheço essa experiência’: Xhaka está preocupado com Bayer Leverkusen dar uma de Arsenal na Bundesliga

Mesmo com o Bayer Leverkusen em vantagem na liderança da Bundesliga, Xhaka quer evitar o que viveu no Arsenal na Premier League

Já estamos em março e o Bayer Leverkusen ainda não perdeu uma partida sequer na temporada. Não à toa, o time de Xabi Alonso lidera (com sobras) a Bundesliga, superando o todo-poderoso Bayern de Munique, campeão das últimas 11 edições do campeonato. Por conta disso, a sensação é que apenas um milagre tira esse título dos Werkself. Contudo, Granit Xhaka reforça que nada está ganho ainda.

Após a vitória do Leverkusen sobre o Colônia por 2 a 0 no último domingo (3), fora de casa, pela 24ª rodada da Bundesliga, o Leverkusen abriu 10 pontos de vantagem sobre os Bávaros, que ficaram apenas no empate por 2 a 2 com o Freiburg, também fora de casa, no dia anterior (2). Apesar disso, o volante dos Werkself está preocupado em repetir a experiência que viveu no Arsenal na última Premier League.

À época, os Gunners eram líderes da competição, com uma distância considerável para o Manchester City, então 2º colocado. Contudo, o Arsenal patinou na reta final e acabou perdendo o título para os Citizens. Quem fazia parte do elenco de Mikel Arteta em 2022/23 era Xhaka, que agora aconselha seus companheiros de Bayer Leverkusen a não entregarem a Bundesliga como aconteceu na Premier League:

“Devemos estar orgulhosos da nossa posição, mas nada está ganho ainda – falo com base na minha própria experiência na temporada passada. Tínhamos uma vantagem de pontos semelhante sobre o 2º colocado e não vencemos o campeonato, então conheço essa experiência e a compartilhei com o vestiário (dos Werkself)”, disse o volante do Bayer em entrevista à ESPN.

Xhaka não quer Bayer Leverkusen dando uma de Arsenal na Bundesliga

A verdade é que Granit Xhaka não quer o Bayer Leverkusen dando uma de Arsenal na Bundesliga. Na última temporada, o volante foi titular indiscutível de Arteta na Premier League, disputando 37 jogos. Ele foi peça fundamental dos Gunners, que chegaram a abrir oito pontos de diferença para o City no dia 1 de abril de 2023, quando golearam o Leeds United por 4 a 1.

Naquela altura de 2022/23, na 29ª rodada do campeonato, o Arsenal caminhava rumo ao título. Vale lembrar que o time de Mikel Arteta chegou a emplacar sete vitórias consecutivas na última Premier League. Entretanto, os Gunners caíram (e muito) de rendimento nas últimas rodadas, tanto que ganharam apenas três jogos de nove possíveis. O golpe fatal aconteceu diante dos próprios Citizens.

Na 33ª rodada da última Premier League, o Arsenal foi goleado pelo Manchester City por 4 a 1, fora de casa, cujo resultado foi fundamental para o rival ficar com o título. Agora, os Werkself têm mais 10 jogos no Campeonato Alemão para ser campeão. Com pés no chão, Xhaka usa esse duro aprendizado nos Gunners em conversas com outros atletas do Bayer Leverkusen:

“10 pontos é muito (de vantagem) quando faltam 10 jogos, mas ainda restam 30 pontos para conquistar, então não acabou. Eles me perguntam dia após dia porque já estive nessa situação antes. Me perguntaram como foi, o que aconteceu conosco (Arsenal), mas não dá para explicar com palavras. É por isso que devemos ser humildes e trabalhar todos os dias, como fizemos durante toda a temporada, e depois ver onde estamos depois de 34 jogos”.

A história está próxima de ser escrita

O fardo da liderança — jogando um bom futebol — é ainda maior para os Werkself, que nunca foram campeões da Bundesliga. Nas últimas três décadas, o Bayer Leverkusen foi vice-campeão em cinco oportunidades. O volante suíço, assim como toda a equipe, sabe da importância das últimas 10 rodadas da Bundesliga. Resta saber se Xabi conseguirá confirmar a história inédita, que está muito próxima de ser escrita.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo