O defensor e o meio-campista deixaram a entender que não voltarão a defender a seleção da Sérvia após o fracasso do time na Eslovênia, que os deixou fora da .

Vidic perdeu um pênalti na partida contra a Eslovênia nesta terça-feira, quando os sérvios foram derrotados por 1 a 0 em partida que precisavam vencer para ir à repescagem. A Estônia ficou com a vaga no Grupo C das eliminatórias.

“É tempo para uma mudança de gerações e alguns jogadores mais velhos dizerem adeus à camisa da Sérvia”, disse Vidic, zagueiro de 29 anos do Manchester United.

Vidic voltou à seleção após uma lesão e afirmou que a decisão de cobrar o pênalti foi sua. “Eu estou ciente das consequências de um pênalti mal cobrado”, disse. “Se eu tivesse marcado, o jogo tomaria um curso totalmente diferente”.

Se a aposentadoria de Vidic é uma surpresa, a de Dejan Stankovic, de 33 anos, não chega a ser uma surpresa. “Eu joguei muitas partidas, ajudei a seleção nacional e é tempo para me virar par as minhas tarefas com a Internazionale”, disse o jogador. “Esse foi meu último jogo competitivo pela Sérvia. Eu devo jogar mais algum amistoso”, completou.

Stankovic fez seu 102º jogo pela Sérvia, empatando o recorde de Savo Milosevic. O meia marcou 15 gols pela seleção.