Leste EuropeuSem categoria

Bósnios tentam revanche contra Portugal

Nomes das federações: Fudbalski Savez Bosne i Hercegovine x Federação Portuguesa de Futebol
Participações em Eurocopas: Nunca participou x 5 (vice-campeã em 2004)
Histórico de confrontos: 2 jogos, 2 vitórias de Portugal
Destaques: Edin Dzeko x Cristiano Ronaldo
Palpite da redação: Bósnia 3×3 Portugal

A decepção pelo gol marcado por Samir Nasri aos 33 minutos do segundo tempo, que evitou a classificação direta da Bósnia para a Eurocopa já ficou para trás. A melhor seleção do Leste Europeu no momento agora pensa unicamente em como evitar novas derrotas para Portugal. Afinal, a seleção comandada por Cristiano Ronaldo foi responsável pela primeira grande dor dos bósnios no futebol, ao bater a jovem ex-seleção iugoslava duas vezes por 1 a 0 nos play-offs das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010.

O momento atual é favorável aos bósnios, que fazem o primeiro confronto em casa. Apesar do segundo melhor jogador do mundo, Portugal não tem apresentado um futebol convincente. Seus dois últimos jogos, vitória sobre a Islândia por 5 a 3 e derrota para a Dinamarca por 2 a 1 evidenciaram isso. Paulo Bento, que venceu seus cinco primeiros jogos no comando dos Tugas, montou um time sem marcação no meio e, com isso, muito vulnerável no setor defensivo. Raul Meireles, João Moutinho e Carlos Martins não marcam e também não recebem a ajuda de Cristiano Ronaldo e Nani. Além disso, o ataque ainda busca um centroavante, após Liedson não ser mais chamado.

A Bósnia conta com Edin Dzeko, um dos destaques do Manchester City na temporada e que vem jogando muito bem. O atacante conta com o apoio fundamental dos dois principais meio-campistas do time, Miralem Pjanic e Zvezdan Misimovic, de Roma e Dynamo Moscou respectivamente. O primeiro, mais jovem e mais habilidoso, é a grande esperança do torcedor, enquanto o segundo, já veterano, carrega mais a responsabilidade. A defesa, porém, tem sérios problemas: Boris Pandza e Sasa Papac estão suspensos e Mensur Mujdza, suspenso. No setor, o técnico Safet Susic só contará com Emir Spahic, do Sevilla, como titular habitual.

E para o segundo jogo, em Lisboa, muitos bósnios são aguardados. Diversas agências de turismo em Sarajevo venderam nas últimas semanas pacotes de viagem para a capital portuguesa. O torcedor, além de passagem de avião e hospedagem, levava também o uniforme completo da seleção bósnia, com camisa e calção.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo