Mundial de Clubes

Fifa confirma Mundial de Clubes 2021 em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes

Mundial de Clubes seria realizado no Japão, que abriu mão da organização; Rio e África do Sul queriam sediar, mas será mesmo em Abu Dhabi no começo de 2022

A Fifa confirmou que o Mundial de Clubes será realizado no começo de 2022 e terá Emirados Árabes como sede. Palmeiras ou Flamengo estarão na disputa como representante da Conmebol, assim como o Chelsea, campeão europeu. Os dois clubes brasileiros decidem a Libertadores no dia 27 de novembro, em Montevidéu. Quem vencer estará no Mundial, que deve ser realizado em fevereiro de 2022, segundo o ge.globo.

O Auckland City, da Nova Zelândia, e o Al Ahly, do Egito, também estão classificados como representantes da Oceania e da África. O representante da Ásia será decidido no dia 22 de novembro entre Al Hilal, da Arábia Saudita, e Pohang Steelers, da Coreia do Sul. Na Concacaf, o representante será definido no dia 28 de outubro entre Monterrey e América, ambos do México. O campeão do país-sede, Emirados Árabes, também terá vaga no torneio. O campeão da temporada 2020/21 é o Al Jazira.

Inicialmente, o Mundial de Clubes de 2021 seria realizado no Japão. O país desistiu de sediar o torneio por causa das restrições da COVID-19. Com isso, surgiram candidatos. A África do Sul se manifestou dizendo querer sediar o torneio. O país foi sede da Copa do Mundo de 2010 e teria os estádios para isso. O Rio de Janeiro também se manifestou para receber o torneio, com a prefeitura do Rio sondando a Fifa. Por fim, os Emirados Árabes também surgiram como candidatos a sediar o torneio, com o trunfo de já ter sediado o torneio quatro vezes. As primeiras em 2009 e 2010 e depois em 2017 e 2018.

No fim, apenas África do Sul e Emirados Árabes, na figura de Abu Dhabi, já que que cada emirado é independente, enviaram propostas formais à Fifa para sediar o evento. O Rio sequer chegou a formalizar a candidatura. Fez apenas uma consulta informar à entidade que dirige o futebol e não formulou a proposta. A Fifa decidiu pelos Emirados Árabes, aproveitando a experiência do país por já ter feito o torneio.

Segundo apurado pelo ge.globo, os brasileiros que estiverem vacinados poderão entrar nos Emirados Árabes para acompanhar o Mundial de Clubes. Este pode ser o último Mundial de Clubes neste formato, mas é algo que não está claro. A Fifa tinha a ideia de fazer um torneio com 24 clubes em 2021, mas precisou adiar os planos pela pandemia da COVID-19.

Em 2019, a Fifa provou o Mundial de Clubes com 24 clubes, que começaria em 2021. Uma tendência de inchaço que a Fifa já tinha feito com a Copa do Mundo, aumentando de 32 para 48 seleções. A primeira edição com o novo formato do Mundial de Clubes seria, ironicamente, na China, onde surgiu a pandemia da COVID-19. Assim como no caso da Copa do Mundo a cada dois anos, os europeus se opuseram à ideia e seus clubes ameaçaram boicotar o torneio.

Pode ser o último Mundial de Clubes neste formato, pode não ser. O que sabemos que é esta edição será realizada em fevereiro de 2022, tal qual foi a edição 2020, realizada em fevereiro de 2021, e que terá um clube brasileiro mais uma vez.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo