Leste Europeu

Estão suspeitando do jogo do Galatasaray por causa destes lances no minímo esquisitos

A vitória do Galatasaray por 1 a 0 sobre o Gençlerbirligi, neste sábado, colocou o time em situação confortável para garantir o título do Campeonato Turco. O problema é como esse resultado obtido. O lance do gol de Sneijder, aos 22 do segundo tempo, levantou suspeitas em torcedores das equipes concorrentes à taça, Fenerbahçe e Besiktas. De fato, observando o replay da finalização do holandês, a maneira como o goleiro Ferhat Kaplan vai para a bola (ou melhor, deixa de ir nela) é de franzir a testa.

VEJA TAMBÉM: Galaxy fez o melhor vídeo de melhores momentos para um time que perdeu por 4 a 0

Kaplan estava distante demais da trave direita para argumentar que achava que a bola iria para fora, sem perigo para seu gol, o que, inicialmente, poderia ser sua justificativa. A imagem por si só, no entanto, não é o bastante para condená-lo (ou seu time). Demba Ba, atacante do Besiktas, no entanto, não está nem aí. “Algumas pessoas realmente deveriam ter vergonha”, escreveu o ex-jogador do Chelsea, em seu perfil no Twitter.

Apesar de a maior polêmica girar em torno do lance do gol que determinou o resultado da partida, torcedores chamaram a atenção para outros lances da partida. Em um deles, o Galatasaray chega ao ataque pela direita e, na hora do cruzamento, a defesa do Gençlerbirligi executa uma linha de impedimento bastante esquisita. Em outro momento, um atacante do time que saiu derrotado desperdiça uma ótima chance de gol, no último lance da partida, com uma finalização fraca, mas esse lance parece mesmo ser apenas um erro honesto do jogador.

A suspeita de algum tipo de manipulação é ainda maior por se tratar do futebol turco. Em 2011, um escândalo de manipulação de resultados irrompeu no futebol local, com o envolvimento de cerca de sessenta dirigentes e jogadores, presos após a revelação do caso. Segundo a polícia turca, dezenove partidas da elite do futebol local, incluindo partidas do Campeonato Turco e da Copa da Turquia, tiveram seus resultados combinados. O incidente levou o Fenerbahçe e o Besiktas à expulsão de competições europeias por dois anos e um ano, respectivamente.

Confira abaixo os três lances citados para tentar ter uma ideia se a reclamação dos torcedores turcos tem fundamento ou não passa de choro de quem está para perder o campeonato. O 1 a 0, afinal, manteve o Galatasaray na liderança, com três pontos de vantagem para o Fenerbahçe, a duas rodadas do fim. Com um jogo a menos que os dois primeiros colocados, o Besiktas tem sete pontos a menos que o Gala.

https://vine.co/v/eKY2j7aYDIz

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo