Leste Europeu

[Vídeo] Se a Fifa criasse o ‘Prêmio Banks’, esta defesa surgiria como séria candidata

Stanislav Kritsyuk não possui muita fama fora da Rússia ou de Portugal. O goleiro de 25 anos rodou por clubes da terceira divisão local, antes de chegar ao time B do Braga em 2012. Nos minhotos, o camisa 1 até disputou 29 partidas pelo Campeonato Português, mas acabou emprestado no Krasnodar. O suficiente para despontar como um dos melhores de sua posição no Campeonato Russo e ser convocado pela primeira vez para a seleção principal, às vésperas da Euro. Na última semana, acabou chamado pelo técnico Leonid Slutsky para compor o elenco nos amistosos contra Lituânia e França. Já no domingo, dois dias depois, justificou o chamado com uma defesa sensacional na vitória por 1 a 0 sobre o Mordovia Saransk.

Já seria um milagre e tanto apenas na defesa à queima-roupa, após cabeçada na área. Mas Kritsyuk fez mais. Caído, teve reflexo para defender o rebote com o pé. Tudo bem que o atacante adversário poderia ter feito melhor, só que isso não diminui a defesaça do novato na seleção. O Krasnodar é o quarto colocado no Campeonato Russo, e possui a terceira defesa menos vazada. Muito graças ao seu goleiro.

VEJA TAMBÉM: Já está na hora da Fifa criar o Prêmio Banks e exaltar também a lenda que luta contra câncer

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo