Leste Europeu

Um novo Zenit

Andrei Arshavin, Anatoliy Tymoschuk, Pavel Pogrebnyak, Vyacheslav Malafeev, Igor Denisov, Konstanin ZyrYanov, Ivica Krizanac. Todos esses jogadores fazem parte de uma base montada no Zenit St. Petersburg há duas temporadas e que entrou para a história do clube como a responsável pelos títulos russo do ano passado e da Copa Uefa na temporada 2007/08. Todos sob o comando de Dick Advocaat. No entanto, alguns fatores podem provocar uma revolução no elenco da equipe.

Com a ascensão do futebol russo, principalmente depois da excelente participação da Rússia na última Eurocopa, os olhos dos grandes clubes europeus se voltaram para os clubes do país. Afinal, são poucas as nações que conseguem manter seus principais talentos em casa. Em um primeiro momento, porém, as cifras assustaram os estrangeiros, que perceberam que os craques russos não estavam lá por acaso – também ganham ótimos salários e possuem multas altíssimas.

Passado o susto, o mercado de inverno se aquece para tirar alguns dos grandes nomes russos (ou não) da Premier Liga, e o Zenit é um dos principais alvos. Some a isto o fato do clube ter vacilado ao longo de todo o ano no Campeonato Russo e agora, faltando duas rodadas, não ter mais chances de retornar à Liga dos Campeões (onde ainda tem chances de avanço no Grupo H) – terá que se contentar no máximo com a Copa Uefa, mas para isso ainda precisa lutar para assegurar a vaga.

Mais um fator para a soma: Dick Advocaat, que dera sinais claros ao longo de todo ano que não permaneceria em São Petersburgo, alegando saudades da família e sua idade avançada, renovou por mais uma temporada com o clube. Segundo ele, recebeu garantias de que o time será forte novamente e ele terá autonomia para mudar as peças. Já está claro para todos que o Zenit não tem problemas com dinheiro, visto que a Gazprom gosta de esbanjar isso.

Então o Zenit não precisa vender seus principais jogadores, certo? Não. Para o bem do futebol russo, a mentalidade de seus atletas mudou, e agora eles almejam desbravar novas fronteiras e encarar desafios diferentes.

Todos os jogadores citados no início da coluna têm seus nomes especulados em possíveis transferências. Obviamente que se tratam de rumores, mas como poderemos ver mais abaixo, não são tão falsos assim.

Arshavin será o primeiro a sair. Já está claro para o presidente do Zenit, Aleksandr Dyukov, que ninguém pagará o valor inicial sonhado por ele (€ 25 milhões) e que a permanência do jogador significa baixo rendimento e investimento frustrado, aliado com descontentamento do próprio. Seu destino deve ser o futebol inglês (Tottenham) ou espanhol (o Real Madrid teria entrado na parada).

“No momento só existem rumores e não há nada para se comentar. Devemos entender apenas uma coisa: o mais importante não é o interesse do Real Madrid ou outro clube, mas sim quando o clube vai aceitar me liberar. Já discuti com eles sobre esse meu ponto de vista. Está bem claro que, agora, ninguém vai pagar 25 milhões de euros pelo Arshavin, e o problema é acertar o preço. Quando isso estiver definido, aí poderemos discutir sobre transferências e meus desejos pessoais”, afirmou um injuriado Andrei Arshavin.

O Bayern de Munique se prepara para fazer uma mega oferta pelo sensacional volante ucraniano Tymoschuk e o artilheiro Pogrebnyak, que substituiria Luca Toni. O primeiro ainda tem contrato até 2011, enquanto o segundo somente até o ano que vem e já adiantou que pretende ser negociado.

A duração de alguns contratos é outro fator primordial para o Zenit resolver. Denisov, Kim Dongjin, Lee Ho, Malafeev, Anyukov, Domínguez, Ricksen, Krizanac, Chontofalsky e Ionov também têm seus contratos expirados em 2009. Ou seja, a mesa de negociação da diretoria terá que ser grande para atender a todos, assim como a conta bancária. Até mesmo Zyryanov, cujo acordo termina em fevereiro de 2010, deve entrar no rolo.

O futuro ainda está totalmente incerto para o Zenit. Claro que toda essa discussão se torna inútil com uma improvável conquista da Liga dos Campeões neste ano. Como devemos trabalhar com teorias mais razoáveis, estejam certos de que o clube russo será um dos protagonistas no próximo mercado de inverno do futebol europeu.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo