Leste Europeu

Slovan Liberec fez um vídeo espetacular para anunciar a volta de Theo Selassie: emulou “Um Maluco no Pedaço”

Selassie, de 34 anos, voltou ao clube pelo qual brilhou antes de defender o Werder Bremen por nove anos

O Slovan Liberec tinha uma grande contratação para ser anunciada. Depois de nove anos defendendo o Werder Bremen, Theodor Gebre Selassie, ou apenas Theo Selassie, retornou ao clube pelo qual brilhou de 2008 a 2012. Aos 34 anos, ele estava no clube alemão que acabou rebaixado para a segunda divisão. Seu contrato chegava ao fim neste mês e ele ficou livre no mercado. O Slovan Liberec fechou a contratação do lateral direito, mas o grande destaque foi oi anúncio. O clube tcheco emulou a introdução de “Um Maluco No Pedaço” (“The Fresh Prince of Bel-Air” no original) e ficou simplesmente espetacular.

Destaque na Euro 2012

O lateral direito Theo Selassie se tornou uma figura conhecida especialmente pelas suas atuações pela seleção tcheca. Convocado pela primeira vez em 2011, fez 53 jogos e três gols pelos tchecos. esteve na Euro 2012, quando foi um dos destaques da seleção tcheca que esteve na Polônia, uma das sedes. Chegou a dizer que não temia Cristiano Ronaldo. O time foi o primeiro colocado do grupo A e acabou eliminado nas oitavas de final para Portugal com gol de… Cristiano Ronaldo. Foi depois do desempenho naquele torneio que se transferiu para o Werder Bremen.

Esteve também na Euro 2016, na França, mas foi titular no primeiro jogo e acabou no banco nos outros dois. Chegou a capitanear a seleção tcheca em um jogo pela Liga das Nações em 2018, em derrota por 2 a 1 para a Ucrânia. Desde 2019, porém, não é convocado para a seleção tcheca. Seu último jogo, curiosamente, foi um amistoso com o Brasil em 26 de março de 2019. Acabou fora do grupo que foi à Euro 2020.

Nove anos no Werder Bremen

Na temporada 2020/21, fez 39 jogos pelo Werder Bremen, sempre como titular, e marcou quatro gols, além de ter feito duas assistências. Em 20 desses jogos, foi o capitão do time. O Werder acabou rebaixado à segunda divisão da Alemanha e o tcheco decidiu deixar o clube. Encerrou a sua passagem pelos Papagaios com 298 jogos, 24 gols e 18 assistências. Tornou-se um jogador importante na história do clube, ainda que a última temporada tenha acabado em frustração. Decidiu retornar ao seu país por razões familiares.

Campeão pelo Slovan Liberec em 2011/12

Theo Gebre Selassie, apresentado com a camisa 23 no Slovan Liberec (Divulgação)

A carreira de Theo Selassie na Tchéquia é muito bem-sucedida. Conquistou três títulos nacionais: em 2007/08 e 2008/08 pelo Slavia Praga, um dos maiores clubes do país. Em 2011/12, na sua última temporada pelo Slovan Liberec, foi também campeão pelo clube. Naquele ano, foi escolhido como o jogador do ano no clube. Fez 103 jogos pelo clube, com oito gols e oito assistências. Foi pelo Slovan Liberec que alcançou o nível que o levou à seleção tcheca e ao futebol internacional.

“O contrato até agora foi assinado por um ano, com a precisão de então vermos se ele continuará como jogador ou participará de atividades como treinador no clube”, afirmou o diretor esportivo do Slovan Liberec, Zdenek Koukal. O jogador também comemorou o seu retorno. “Estou feliz que deu certo. Para mim, é um ciclo imaginário que se fecha. Eu estou feliz que a minha carreira terá esse ciclo”, afirmou o jogador.

“Foi muito divertido”

Selassie também comentou sobre a gravação do vídeo. “Sim, eu gostei muito, foi divertido. Quando eu era mais jovem, foi uma série que eu gostei muito de assistir. Faz um bom tempo também, acho que foi nos anos 1990. É similar ao futebol. Apesar de já estar bastante avançado no futebol, graças ao futebol você continua jovem, porque tem contato com os jogadores mais jovens. É similar à série, porque mesmo que seja um pouco mais velho, acho que muitas pessoas iriam gostar de assistir”, comentou Selassie.

Assista ao vídeo do anúncio de Theodor Gebre Selassie, ou só Theo Selassie, novo contratado do Slovan Liberec:

c

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo