Leste Europeu

Rússia embalada e motivada

A Rússia já vive o clima da Eurocopa. Após Moscou sediar a final da Liga dos Campeões e a Premier Liga russa entrar na sua pausa para a disputa da competição européia de nações, o país concentra suas atenções no futebol exclusivamente para a participação russa.

Nos próximos dias o site da Trivela irá trazer um guia completo sobre o torneio, por isso esta coluna não irá antecipar toda a análise sobre a seleção russa, suas perspectivas, chances etc. Mas também não tem como esconder o que vem escrevendo há tempos: a Rússia é uma potencial surpresa da Eurocopa.

Nos últimos dias a equipe, que faz sua preparação para a Euro na Alemanha, na cidade de Rottah, fez dois amistosos que ajudaram a melhorar a expectativa em relação ao time comandado por Guus Hiddink.

Na sexta-feira passada, atropelou a fraca seleção do Cazaquistão por 6 a 0, na capital russa. Pogrebnyak, Bystrov, Zyrianov, Bilyaletdinov, Torbinskiy e Sychev marcaram na goleada, que serviu para o treinador holandês testar vários jogadores e dar ritmo ao time principal.

Já nesta semana, na quarta-feira, a equipe teve um teste mais difícil e foi bem novamente. Jogando em Burghausen, território alemão, venceu a forte seleção da Sérvia por 2 a 1. Pogrebnyak abriu o marcador aos 12 minutos em cobrança de falta. Marko Pantelic empatou para os sérvios, mas Pavlyuchenko fez o segundo dos russos, decretando a vitória.

A nota preocupante da partida foi a lesão de Pavel Pogrebnyak. O atacante do Zenit, logo após marcar o gol, sentiu, sozinho, fortes dores no joelho esquerdo e teve que ser substituído. O jogador, ao lado do médico Andrei Grishanov, da comissão técnica, viajou para Munique para fazer uma avaliação melhor.

Até o fechamento desta coluna, nenhuma informação precisa havia sido divulgada. Hiddink, no entanto, está confiante. “Nós achamos que está tudo bem com ele”, disse o treinador nesta quinta.

Uma eventual perda de Pogrebnyak seria desastrosa para as pretensões da Rússia – se classificar para as quartas-de-final –, uma vez que o time já está sem Andrei Arshavin, suspenso para os dois primeiros jogos. Na Eurocopa, a Rússia está no grupo D, ao lado de Grécia, Espanha e Suécia.

Vale constar que Alexander Pavlenko e Oleg Ivanov foram os cortados da lista de 25 jogadores da seleção russa. Nenhuma surpresa.

Pausa de verão

Os russos terão que aproveitar seu verão sem futebol dos clubes. Por causa da Euro, a Premier Liga russa dá um tempo e só volta em julho.

No atual momento, após 11 rodadas, o Rubin Kazan segue na primeira posição com 25 pontos, cinco a mais que o Spartak Moscou, vice-líder. No entanto, devido à participação vitoriosa do Zenit St. Petersburg na Copa Uefa, diversas equipes estão com jogos a menos.

O Zenit disputou apenas seis partidas e ocupa a antepenúltima posição, algo que mudará rapidamente na volta da competição. O CSKA Moscou disputou nove jogos, enquanto Amkar Perm, Lokomotiv e Luch-Energiya estão com um jogo a menos.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo