Leste Europeu

Robert Renan decide título com cavadinha na Rússia e expõe erro do Corinthians

Zagueiro de 19 anos já acumula convocação para a seleção e gol de título meses após ser envolvido no negócio de Yuri Alberto

Nos primeiros dias de 2023, a vida de Robert Renan mudou completamente. Revelado na base do Corinthians, o zagueiro fez pouco mais de dez jogos no profissional antes de rumar para a Rússia, onde assinou com o Zenit. Aos 19 anos, Robert teve de se readaptar a uma cultura completamente diferente. Meses depois, os frutos estão sendo colhidos.

Neste sábado (15), Robert Renan foi campeão da Supercopa da Rússia pelo Zenit. E com direito a uma cavadinha para decidir a disputa de pênaltis contra o CSKA. Após empate em 0 a 0 no tempo normal, o jogo foi resolvido na marca da cal. E aí, o zagueiro ex-Corinthians teve frieza e ousadia para dar o título à equipe de São Petersburgo.

Por que Robert Renan foi embora tão cedo do Corinthians?

Envolvido na transação que levou Yuri Alberto em definitivo ao Corinthians, ao lado de Gustavo Mantuan (emprestado) e Du Queiroz, que também seguiram para ao Zenit, Robert Renan saiu após 13 partidas na equipe principal do Timão. Da mesma forma que Mantuan e Queiroz, que se apresentou ao Zenit no meio deste ano, o jovem deixou a impressão de que podia ter ficado mais tempo no clube de Parque São Jorge.

Apesar de ser bastante promissor, inclusive com convocações para a seleção brasileira principal, o zagueiro ficou apenas como moeda de troca e não rendeu nada aos cofres do clube. O Corinthians reteve apenas 11% dos valores totais de Robert Renan, enquanto o Novorizontino, sua primeira equipe, terá 9% dos direitos de uma futura venda. Antes da negociação com o Zenit, o Corinthians detinha 55% do valor total.

Como a necessidade de contratar um camisa 9 do nível de Yuri Alberto era prioridade, o Corinthians abriu mão de seus jovens para tentar convencer a diretoria do Zenit. No mês de junho, o Timão também vendeu Gustavo Mantuan para os russos.

O meia-atacante, que estava emprestado à equipe de São Petersburgo, ficou em definitivo, também como parte da troca. A diferença para as outras transações é que o Corinthians negociou os seus 40% de Mantuan por 2 milhões de euros.

O que Robert Renan já conquistou pelo Zenit

Titular absoluto no Zenit, Robert Renan chegou na segunda metade da temporada, mas se firmou e mostrou maturidade. Campeão da Premier League da Rússia, foi credenciado a disputar o jogo deste sábado, pela Supercopa.

O bom desempenho rendeu a Robert uma indicação ao prêmio Golden Boy, para o melhor jovem da temporada passada. Ele é o único brasileiro em uma lista de 100 nomes. A cada conquista, fica claro o quanto o potencial do zagueiro foi negligenciado pelo Corinthians.

É verdade que o Timão precisa fazer caixa para tentar quitar dívidas e poder reformular o elenco para o segundo semestre de 2023. No entanto, há que se analisar as três saídas de jogadores jovens e que poderiam se valorizar rapidamente, o que certamente é o caso de Robert Renan, que já está pronto para o futebol internacional e poderia resolver muitos problemas defensivos no time de Vanderlei Luxemburgo.

A cavadinha abaixo foi só a cereja do bolo de um ano especial para o zagueiro. Será que era mesmo tão urgente para o Corinthians negociá-lo tão cedo com o futebol europeu?

Foto de Felipe Portes

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes
Botão Voltar ao topo