Leste Europeu

Primeiro da temporada?

No último final de semana, o Zenit St. Petersburg bateu o Sibir Novosibirsk por 1 a 0 e conquistou a Copa da Rússia. No Campeonato Russo, a equipe lidera a competição com um jogo a menos e agora terá tempo de sobra para descansar e voltar ainda mais forte – a Premier Liga russa dá um tempo por causa da Copa do Mundo e só volta em 9 de julho.

Como todos leitores bem sabem, o campeonato nacional segue o calendário igual ao nosso, ou seja, a competição começa em um ano e termina no mesmo (temporada 2010). Já a copa nacional segue o calendário europeu temporada 2009/10). Portanto, podemos chegar à seguinte conclusão, ou melhor, indagação: este será um ano histórico para o Zenit.

Em toda sua história, a equipe de São Petersburgo nunca conquistou a dobradinha na Rússia. Na verdade, fora sua história recente, ligada à Gazprom, colecionou pouquíssimas conquistas. O clube tem um título russo (2007), duas Copas (1999 e 2010), um campeonato soviético (1984) e uma Copa da URSS (1944), além, é claro, da Copa Uefa em 2008.

Nessa temporada as perspectivas do Zenit são muito boas. Com o técnico italiano Luciano Spaletti no comando desde dezembro, o time voltou a apresenta um futebol vistoso e ofensivo, como nos tempos áureos com Dick Advocaat. Fez boas contratações recentes e montou um time titular muito forte.

A defesa, liderada pelo goleiro Malafeev, tem os ótimos zagueiros Krizanac e Lombaerts e os bons laterais Anyukov e Hubocan – e peças de reposição como o experiente Fernando Meira. O meio é extremamente talentoso, com Denisov, Zyrianov, Danny, Bystrov, Shirokov, Huszti, Fayzulin… enquanto o ataque tem a força de Kerzhakov, que voltou a jogar bem, e Lazovic.

Ou seja, o time tem elenco para suportar uma competição mais longa, e com essa pausa para a Copa, tem tudo para se fortalecer ainda mais – até mesmo no mercado, já que o Mundial abre os olhos dos dirigentes para muitos jogadores.

No Campeonato Russo, o Zenit, líder com 24 pontos em 11 jogos, parece ter apenas dois adversários a altura: CSKA Moscou, vice com um ponto a menos, e Rubin Kazan, atual bicampeão com 20 pontos. Mas os dois rivais têm falhado muito contra times considerados inferiores, o que propiciou ao clube de São Petersburgo abrir vantagem mesmo com um jogo a menos – que será realizado em 4 de julho, contra o Anzhi, em casa.

Se continuar nesse ritmo, com o bom futebol jogado até agora, o Zenit tem tudo para fazer de 2010 um ano histórico.

Seleção russa

Dick Advocaat foi confirmado, oficialmente, como novo técnico da seleção russa – o que todos já sabiam há pelo menos duas semanas. Na federação russa (Russian Football Union – RFU), o técnico holandês, que substitui seu compatriota Guus Hiddink, reencontrará seu antigo presidente nos tempos do Zenit, Sergey Fursenko.

E o dirigente já fez questão pressionar o “novo” contratado publicamente e criticar quem tem falado apenas sobre os valores do contrato.

“Seu objetivo é classificar a Rússia para a próxima Eurocopa e Copa do Mundo e mostrar bons resultados. Há várias cláusulas em seu contrato, incluindo algumas sobre a performance do time, mas tenho certeza que ele conseguirá alcançar os resultados”, disse Fursenko.

“Agora nossos valores estão distorcidos: todos falam apenas em dinheiro e isso não é prioridade na mentalidade russa. Posso dizer que o valor do contrato de Dick Advocaat é menor do que o de Guus Hiddink”, completou o dirigente.

E deu mostras de como será o relacionamento entre o técnico e os dirigentes. “Advocaat se apresentará para o Comitê Executivo da RFU suas análises sobre o time e responderá perguntas, e quero ressaltar que essa prática se tornará regular”.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo